Limpeza verde


Vamos falar agora de um ramo que tem feito muito sucesso e é muito importante para o nosso planeta e para a nossa vida, a limpeza verde! Conhece? Então vamos lá!

Com o mundo todo se preocupando com o próprio mundo, uma grande lista de produtos e materiais caracterizados “verdes” tem aumentado em todo o país. São inúmeras coisas sustentáveis que vem se desenvolvendo com o passar dos anos e tem feito bastante sucesso, uma delas é a limpeza verde.

A limpeza verde tem ganhado cada vez mais espaço nesse novo mundo sustentável, são milhares de pessoas, empresas e edifícios sustentáveis se desenvolvendo a cada dia. Hoje em dia em nossa sociedade a criação de edifícios sustentáveis tem aumentado bastante com a aproximação de olimpíadas e copa do mundo em nosso país.

As autoridades dos esportes tem incentivado todos os edifícios e estádios participantes a terem o selo de limpeza ecológica. Ounico atestado deste tipo de serviço sustentável é a Leed, que decolou de 47 projetos para serem aceitos para cerca de 200 e a expectativa é de que neste ano alcancem 300 requerimentos.

Para conseguir este selo é essencial a empresa oferecer uma limpeza de baixo impacto ambiental e economizar bastante recursos. De olho nesse novo mercado a empresa Presto Clean se especializou neste ramo de limpeza verde e tem boas expectativas para o mercado futuro.

O dono da empresa espera este ano dobrar o faturamento atual de 900 mil reais com o grande aumento de prédios verdes em nosso país e no mundo. A empresa investiu para poder atender aos requisitos da Leed e conseguiu se especializar na área, hoje o dono afirma que a empresa focará em prédios verdes (sustentáveis).

Hoje a empresa criada em 1999 conta com 70 funcionários e deve aumentar o número de funcionários em 50% devido a grande demanda de serviços da empresa, que só vai aumentando.

E agora, alguns dados publicados pela PEGN que com certeza são do interesse de todos que desejam iniciar tal empreendimento:

  • Investimento de R$ 130.000,00;
    • Equipamento e instalações – R$ 60.000,00;
      • 2 aspiradores, polidora de piso;
      • Lavadoras automáticas de piso, enceradeira;
      • Máquina de limpeza a seco de carpete, sanitizantes certificados;
      • Móveis de escritório;
      • Furgão.
    • Capital de giro – R$ 70.000,00;
  • Faturamento médio mensal – R$ 70.000;
  • Funcionários – 21;
    • 1 dono;
    • 2 empregados para limpeza.
  • Prazo de retorno – 24 meses.

O ramo é bastante interessante e tem feito muito sucesso em nosso país pois com a chegada de olimpíadas e copa do mundo no território nacional está crescendo a procura e criação de edifícios sustentáveis para atender as normas das autoridades internacionais, portanto investir neste ramo é uma ótima idéia.

O dono afirma que para quem deseja começar agora é muito importante a presença de um consultor para ajudar a atender as normas da Leed e que os funcionários, quase não usam água na limpeza, portanto necessitam de um treinamento especial, afirma Jadir.

Luis Carlos Lacê

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

#GanheiDinheiroSQN – Já fez algo para ganhar dinheiro e não deu certo?

Olá a todos os amigos do Clube! Quem acompanha o perfil do Clube do Dinheiro no Twitter já deve ter visto um tweet com a hashtag #GanheiDinheiroSQN. A ideia, como já foi publicada lá, é bem simples: todo mundo já tentou algum tipo de emprego, negócio, tática, estratégia, e-book, kit etc. com o intuito de ganhar dinheiro e no fim das contas se decepcionou, então por que não compartilharmos com uma mesma hashtag a fim de termos uma “base de dados” no Twitter com estratégias que não funcionaram? Isso será muito útil a outras pessoas que tentem a mesma coisa, não?

#1 Falhando com sites de nicho

Enfim, publiquei o tweet, mas até agora não tive participação dos meus amigos no Twitter (somente um amigo retweetou minha mensagem, mas nada mais). Qual é, pessoal, ajudem-me a construir essa base de conhecimentos! Afinal de contas, tão importante quanto saber o que funciona é saber o que não funciona com o intuito de evitar novas tentativas falhas por outras pessoas. Bem, dei o primeiro passo e publiquei a seguinte coisa que já tentei e não funcionou:

Criei blogs de nicho em áreas que são rentáveis mas não tenho interesse em escrever sobre. Aí o Google Search mudou e… #GanheiDinheiroSQN (leia no Twitter)

Enfim, como descrevi no tweet (e vocês bem sabem) a onda dos micro niche sites (isto é, sites focados em um pequeno nicho com alto valor comercial mas baixa competitividade) estava tão alta que eu comecei a construir vários – alguns deles em nichos que eu não gosto muito, mas eram rentáveis e com baixa competitividade.

Tudo ia bem e eu até estava começando a ganhar algum dinheiro com eles, só que o Google Search sofre dezenas de pequenos e grandes updates anualmente e, em um “big update”, começou a varrer muitos dos micro niche sites (MNS) da Internet. E quem foi impactado, naquele período, tinha dois possíveis caminhos:

  • Encerrar seus MNS;
  • Expandi-los, com conteúdo de maior valor e atualização periódica.

Bem, como eu estava com quase 60 domínios (!) naquela época, tentar crescer todos eles era loucura, então eu comecei um processo de melhorar os mais rentáveis e eliminar os menos. Com isso, claro, cortei parte dos gastos que eu tinha e passei a dedicar menos tempo aos mesmos e, numa espiral decadente, passava a ganhar menos e com isso eliminava mais websites e dedicava menos tempo ainda.

#2 Falhando com blogs gratuitos

Depois, durante um breve momento, blogs do blogspot.com estavam conseguindo boas posições e, vocês já devem imaginar, aí vai o próximo tweet:

Quando blogs do Blogger tinham bom ranking, criei dezenas deles, com bastante conteúdo, configurei publicidades, rezei e… #GanheiDinheiroSQN (leia no Twitter)

Enfim, mais uma vez “segui a manada” e todo mundo foi parar no penhasco. Na verdade, blogs do Blogger ainda conseguem em média melhor ranking do que blogs do WordPress ou Tumblr, mas para conseguir boa posição mesmo é necessário um trabalho muito maior do que simplesmente criar um blog gratuito e publicar conteúdo lá. Aí, como já devem imaginar, hoje eu estou a eliminar alguns daqueles blogs gratuitos com o objetivo de reusar o conteúdo em outros com maior sucesso e assim focar mais em menos. Aliás, a máxima “less is more” (menos é mais) permanece como uma das frases mais verdadeiras e perenes!

MAS chega de falar de mim, pois o objetivo deste post é falar sobre as SUAS experiências falhas, amigo leitor. E então, o que você já fez tentando ganhar dinheiro que não deu muito certo. Quero dizer, conte-nos o que você fez e “#GanheiDinheiroSQN”?

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Aluguel de móveis

Um novo modelo de negócio que também vem ganhando força no mercado é o aluguel de móveis!

As empresas que buscam este tipo de serviço buscam boa agilidade e economia no serviço contratado! Quem quiser começar no ramo é preciso ter em mente que o trabalho muitas das vezes não é feito em horário comercial, já que a maioria dos prédios e condomínios não aceitam entrada de móveis durante o dia.

O ramo é bom e o mercado está aquecido no brasil, além da economia e agilidade quem quiser começar neste ramo precisa dar crédito a boa qualidade dos móveis e ter em mente que a manutenção dos móveis regularmente é muito importante para a empresa se destacar no mercado.

Sandra, dono de uma empresa que tem feito sucesso no ramo diz que o setor tem muita concorrência e que é preciso ter paciência, muitas empresas abaixam os preços para conseguir um contrato e acabam esquecendo a qualidade do serviço, isso é errado é preciso oferecer um bom trabalho.

E foi oferecendo um bom trabalho que Sandra conseguiu 200 clientes. Os contratos variam muito, de um dia a meses, o preço também varia dependendo do contrato e da locação. O aluguel de uma cadeira por quinze dias custa 7 reais e uma mesa simples não custa menos que 18 reais, o preço pode variar e diminuir de acordo com a quantidade solicitada pelo cliente da empresa.

Sandra atua no mercado desde 2003 e tem feito sucesso graças ao seu bom trabalho e serviço prestado aos seus clientes. É preciso ter paciência para investir no ramo, os lucros não vem logo no primeiro dia e muitas das vezes o negócio só dispara após um ano. Para se destacar mais em uma área o empreendedor pode definir sua empresa em uma área específica e depois abranger todas as áreas.

E agora, alguns dados publicados pela PEGN que com certeza são do interesse de todos que desejam iniciar tal empreendimento:

  • Investimento de R$ 400.000,00;
    • Equipamento e instalações – R$ 300.000,00;
      • Galpão com 1,200 metros quadrados;
      • Estoque com 1000 móveis, cadeiras, mesas;
      • Linha telefônica;
      • Móveis de escritório;
      • Computador com Internet.
    • Capital de giro – R$ 100.000,00;
  • Faturamento médio mensal – R$ 6.000;
  • Funcionários – 8;
    • 1 dono;
    • 1 recepção;
    • 1 funcionários administrativos;
    • 1 financeiro;
    • 4 na equipe de montagem e manutenção.
  • Prazo de retorno – 48 meses.

É importante que o negócio tenha uma sede com tamanho suficiente para reunir todos os móveis da empresa e para serem bem armazenados no local, sabemos que móveis podem sofrer danos facilmente se guardados de maneira errada, portanto é muito importante estar atento ao local e de qual forma os móveis serão armazenados em sua empresa.

Além disso, não podemos esquecer de uma boa equipe de montagem e manutenção dos móveis, é imprescindível manter os móveis atualizados com cuidados certos! Além disso, invista na divulgação do seu empreendimento.

Luis Carlos Lacê

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Posso ganhar dinheiro com um blog no Tumblr?

Carlos de Indaiatuba pergunta: Há meios de ganhar dinheiro na Internet sem ter que gastar um monte de dinheiro com hospedagem e domínio? Posso usar, por exemplo, o Tumblr para ter um blog gratuito e ganhar dinheiro com ele?

Ótima pergunta! E essa dúvida toda em relação às plataformas de blogs gratuitas existem devido à forte recomendação de se utilizar domínios e hospedagem próprios em vez de empregar sempre as opções gratuitas. De forma resumida, sim, é possível ganhar dinheiro, mas é importante conhecer algumas ressalvas para que isso funcione.

Primeiro, Carlos, temos que entender uma coisa bem básica: para que você possa ganhar dinheiro na web por meio de um blog ou outro tipo de website você precisa:
1. Oferecer algo que tenha valor real àqueles que visitam seu blog/website;
2. Ter uma boa forma de rentabilização do seu canal (pode ser por meio de publicidades, programas de afiliados etc.);
3. Construir uma ponte saudável entre o seu público e os produtos ou serviços apresentados em seu website, de forma que eles entendam as vantagens que há naquilo que está sendo transmitido ali.

Pronto e esse é o maior problema para muitos de nós, antes mesmo de decidirmos se usaremos uma hospedagem gratuita ou paga, pois muitas vezes não escolhemos uma boa forma de rentabilização para o nosso canal (blog, website, página do Youtube/Facebook etc.) e aí mais tarde penamos muito quanto a isso! Quer ver só um exemplo? O nicho do humor é um nicho que atrai muitos visitantes facilmente, mas é muito difícil para encontrar um conjunto de produtos ou serviços realmente alinhados com o interesse do público-alvo, já que o perfil de seu público será muuuuito disperso!

Supondo que você fez seu “dever de casa” e já encontrou um nicho com boa opção para rentabilização, agora depende do seu modelo de negócio para dizer se vale a pena ou não investir em hospedagem e domínio pagos. Em minha opinião (e de muitos dos empreendedores online), vale e muito a pena o que você vai gastar, pois você criará uma marca com muito mais credibilidade, algo realmente seu.

Entretanto, você pode se utilizar de plataformas gratuitas com o intuito de experimentar novas ideias sem comprometer seu orçamento. Aliás, já li histórias de pessoas que, por meio de plataformas gratuitas, conseguiram faturar mais de USD 1.000,00 mensais com dezenas de blogs na plataforma Tumblr e com pouco esforço da parte deles – não é muito, mas quando você consegue fazer isso com as suas horas extras nos fins de semana, significa “uns bons trocados”. Como eles fizeram isso? Esse é o grande segredo que, quem conseguiu, não conta.

Enfim, Carlos, dá para ganhar dinheiro com um blog (ou vários) no Tumblr, mas você precisará de uma boa estratégia para isso. Não adianta só “escrever um punhado de textos, sentar e esperar que o dinheiro apareça na conta”. Tal estratégia funcionava há dez anos atrás, hoje não mais…

DICA:
Se você está pensando em ter um blog e ganhar dinheiro com Adsense, é bom investir algum tempo lendo as regras para webmasters publicadas pela Google buscando entender todos os tipos de infrações para não ser prejudicado!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Como ser um sucesso no Marketing Online

Quando você opera um negócio, principalmente um negócio em casa, é muito importante alcançar o sucesso em seus esforços de marketing online, uma vez que este pode ser seu principal canal de promoção e divulgação. Você precisa fazer tudo o que pode para atrair novos usuários para o seu site e mostrar-lhes o que você tem para oferecer. Este artigo irá destacar cinco maneiras de ser um sucesso de marketing na Internet. E não há nenhuma razão para que eles não funcionem para você, independentemente de qual produto e/ou serviço você esteja tentando vender!

A primeira coisa que você precisa fazer é ser muito comprometido com o sucesso do seu negócio. Isto pode não parecer tão importante quanto ter um anúncio atrativo ou selecionar as palavras corretas, mas ter confiança e acreditar no que você está fazendo vai ajudar e até mesmo tornar-se um pilar em sua estratégia em longo prazo. Quando as pessoas olham para os seus anúncios ou lêem seus blogs, geralmente elas podem dizer se você está sendo verdadeiro ou não. Se elas acham que você não está realmente comprometido com um produto, por que eles deveriam ser?

Internet marketing não é tão difícil como se poderia supor, mas não é simples também. Há uma fórmula que funciona para cada necessidade, e pode demorar muito até você para encontrar a fórmula ideal para você. Encontrar alguém que tenha um negócio bem sucedido na Internet e convencê-lo a ser o seu mentor poderia ser muito lucrativo e vantajoso. Uma vez que seu mentor já é um sucesso, isso mostra que ele sabe do que está falando. Ele pode mostrar-lhe a direção e então você poderá encontrar o caminho para o sucesso.

Usando Search Engine Optimization (SEO) para fazer uma página mais popular não deveria ser seu único foco, mas com certeza possui grande relevância. Existem métodos bons e maus para fazer isso, então você tem que ser muito cuidadoso. Se você não consegue descobrir como fazer isso você mesmo, você pode contratar uma empresa ou indivíduo para fazer isso por você. O investimento valerá a pena se a sua campanha for um sucesso.

Você precisa sempre manter um olho na concorrência, principalmente se eles são mais bem sucedidos do que você. Olhar as estratégias que empregam deve dar-lhe algumas ideias. Enquanto você não quer descaradamente copiar ideias de outros, você quer usar as táticas que parecem ser mais bem sucedidas.

Ser único é importante, considerando o quão grande é a Internet. Você precisa fazer tudo o que puder para ter certeza de que você se destaca da multidão. Se você não fizer isso, não há nenhuma maneira de alguém perceber você, e isso pode significar a morte de seu negócio. Seu objetivo é ser tão único que você se destaca, mas se lembre de não se indispor com os usuários também!

Use as dicas aqui para fazer sua estratégia de marketing online um grande sucesso. Embora essas dicas sejam bastante simples, tenha a certeza de que elas farão com que muitos conheçam seu negócio.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Consultoria para sustentabilidade

Atualmente, com a exigência cada vez maior em torno da sustentabilidade global, vem ganhando força um novo tipo de negócio: a consultoria para sustentabilidade.

O nosso mundo hoje necessita ser sustentável, a cada dia que passa ouvimos e vemos que tudo está se tornando sustentável e muitas pessoas que resolvem iniciar projetos e negócios não sabem quais os procedimentos a serem tomados para atender as normas de um novo mundo, um mundo sustentável.

O serviço nada mais é do que um manual de instruções para pessoas que iniciaram negócios e projetos e não sabem como atender as normatizações internacionais de órgãos de sustentabilidade.  O negócios é ajudar a implementar as normas internacionais a projetos e negócios do Brasil.

Uma empresa criada em Santos resolveu mergulhar no ramo e tem feito bastante sucesso, a empresa fornece treinamento e assessoria ao setor privado e público desde o ano de 2002. A sócia da empresa diz que há cerca de 2 anos atrás a sustentabilidade virou palavra de ordem, mas muitas pessoas não entendem e confundem o conceito.

Hoje a empresa conta com 28 projetos em carteira e faturou 210 mil reais só no ano passado, para esse ano a consultoria almeja crescer 30% e para isso investiu 80 mil reais para duplicar a capacidade de treinamento da empresa de São Paulo. Além disso, na empresa foram implantado dois auditórios com 80 lugares cada com sistema de som, telão e data show.

A sócia da empresa afirma que quem deseja investir na área é necessário treinar os gestores, portanto é muito importante ter o seu próprio espaço para aulas.

E agora, alguns dados publicados pela PEGN que com certeza são do interesse de todos que desejam iniciar tal empreendimento:

  • Investimento de R$ 40.000,00;
    • Equipamento e instalações – R$ 30.000,00;
      • Sala para capacitação de até 30 pessoas;
      • Carteiras;
      • data show, som e telão;
      • Móveis de escritório;
      • Computador com Internet;
    • Capital de giro – R$ 10.000,00;
  • Faturamento médio mensal – R$ 10.000;
  • Funcionários – 5;
    • 1 dono;
    • 1 empregado.
  • Prazo de retorno – 24 meses.

O ramo é inovador e bastante interessante, são muitas as empresas que buscam encaixar seu método de trabalho no sistema sustentável que hoje em nosso mundo é uma palavra de ordem, portanto investir neste ramo é ter a certeza de que o negócio tem muito a crescer devido a grande procura por este serviço que aumenta cada dia mais.

Antes de por a mão na massa, o futuro empreendedor precisa ter um bom plano de negócios e segui-lo a risca. É muito importante que o empreendedor faça uma pesquisa para saber se o público alvo de seu serviço será atingido naquela região, sem a pesquisa de público alvo o empreendimento fica sem rumo e sem clientes, analise também o local onde será implantado o negócio. Invista também na divulgação de seu empreendimento.

Luis Carlos Lacê

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Como ganhar dinheiro com blogs?

Você provavelmente já tomou conhecimento de que há muitos indivíduos “criando” dinheiro online, via comércio eletrônico, realizando serviços como freelancer ou por meio de websites que oferecem tarefas de outsourcing, como o fiverr.com. Mas o que você possivelmente não sabe é que apesar de muitos dizerem que blogs atualmente ganham menos que no passado – e isso tristemente não se pode negar -, estes podem ainda ser um grande caminho para quem está iniciando nisso de “criar dinheiro na web“.

Blogs como forma de ganhar dinheiro

Uma das formas de ganhar dinheiro que mais e mais pessoas estão tentando é por meio de websites e blogs de nicho. Apesar do sucesso que muitos estão tendo nesse tipo de negócio, muitos outros estão tendo sucesso algum, chegando até mesmo a desistirem amargando algum prejuízo, o que mostra que, para que se tenha sucesso nessa empreitada é necessária muita paciência, estudo e atuação para por tudo na prática.

Apesar de ser este um assunto bastante abordado na blogosfera, não deve considerar-se que todos os blogueiros possuem grande sucesso nisso – alguns poucos blogueiros alcançam um sucesso extraordinário, enquanto uma parcela um pouco maior possui um relativo sucesso e uma grande maioria não consegue sucesso algum, reforçando portanto a importância de avaliar bem a situação e traçar uma estratégia. Se você possui um blog e o mesmo não ganha dinheiro algum, por mais que você tente, talvez você precise olhar para o mesmo de forma crítica e impessoal e responder às seguintes perguntas:

  • Há um meio real para ganhar dinheiro com meu blog? Isto é, os produtos que são “vendidos” nele (seja seus ou por meio de anúncios de terceiros) são relevantes e interessantes para o meu público-alvo?
  • Eu tenho público (tráfego) suficiente e realmente interessado no que vê em meu blog?
  • Caso eu esteja exibindo publicidades ou vendendo produtos de terceiros, há interesse comercial relacionado ao tema do meu blog?

Estas são somente algumas das várias perguntas que você deve se fazer quanto ao seu blog atual. Caso perceba que algo não está correto no seu blog, não invente desculpas: corrija. Se o erro está na forma como você rentabiliza o seu blog, então corrija isso. Por exemplo, algumas pessoas querem ganhar dinheiro com seus blogs exibindo sistemas de anúncios, mas acham que seus leitores podem não gostar e, por isso, colocam somente um pequeno espaço publicitário isolado, ao final da página. Se fizer isso, provavelmente você não ganhará nada. O que você precisa fazer é colocar aquele espaço publicitário em um local bem visível para todos os seus leitores e garantir que a qualidade de seus artigos é suficiente para garantir que seus leitores não ficarão chateados por haver uma publicidade lá – afinal de contas, você também precisa tornar o seu blog pelo menos sustentável financeiramente, não é?

Depois de corrigir os problemas anteriores e já estar atuando em um nicho que possua um bom interesse comercial, é bem provável que você se dê conta de que precisa aumentar o seu tráfego. Sem tráfego, sem comissões pelas vendas ou cliques. Entretanto, não basta qualquer tráfego: você quer tráfego interessado no tema de seu blog e o melhor lugar para conseguir isso é por meio de motores de busca. E é por isso que vemos tantos webmasters e bloggers preocupados com o SEO de seus websites e blogs.

Sendo assim, desenvolva uma boa estratégia para otimização do seu website para os motores de busca bem como para os usuários e pronto, você estará no caminho certo não somente para ter um tráfego maior, mas também para atrair um público realmente interessado!

Como seu blog ganha dinheiro?

Se você deseja ganhar dinheiro com blogs de nicho, precisa primeiro determinar como o dinheiro irá entrar. Será por meio de publicidade Adsense e Hotwords? Será por meio de programas de afiliados gerais como o UOL Afiliados e outros? Ou será por meio de programas de afiliados de produtos específicos? Talvez esteja pensando em implementar uma loja virtual? Não importa qual será a sua estratégia para ganhar dinheiro, o primeiro passo é determinar de onde o dinheiro deveria vir e só então planejar todo o seu blog em torno disso – não esquecendo, claro, que na outra ponta estão os leitores, que devem ser focados também a fim de garantir o sucesso do seu projeto.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Como perder dinheiro ao investir!

Quantas pessoas você conhece que reclamam que não estão ganhando dinheiro com seus investimentos? Se você conhece mais de uma pessoa, com certeza já percebeu que elas comentam dois ou mais erros parecidos – e são esses erros que estão levando essas pessoas a não ganharem dinheiro ao investir.

Mas sabe o que é mais engraçado? A Internet está repleta de artigos com boas dicas sobre ganhar dinheiro, mas não importa quantos artigos “positivos” sobre o assunto sejam publicados, parece que os “maus investidores” não conseguem perder seus vícios – e isso os leva a continuarem perdendo mais e mais dinheiro. Assim sendo, decidi escrever um artigo com uma proposta diferente, em vez de escrever sobre coisas que você pode fazer para ganhar dinheiro, escreverei sobre aquilo que você pode fazer para perder dinheiro ao investir, e aí, claro, se você reconhecer um ou dois vícios em você ou em um amigo investidor, já sabe o que pode fazer para reverter a situação…

#1. Você está complicando as coisas demais!

Conheço algumas pessoas que, quando decidem planejar e avaliar seus investimentos, realizam tantos cálculos e formulam tantas hipóteses mirabolantes, que mais parecem que estão planejando uma viagem espacial para Marte do que definindo sua carteira de investimentos. Sim, eu sei, não podemos tomar nenhuma decisão sem alguns análises e projeções numéricas, mas precisamos fazer isso da forma mais simples possível.

Quanto mais complexos são nossas análises e planos traçados para alcançarmos nossos objetivos financeiros, é mais provável que tudo vá por água abaixo, primeiro porque é impossível prever com precisão movimentos de mercado, segundo porque quando precisarmos realizar alterações nos nossos planos e cálculos (e isso sempre é necessário) é mais provável que não queiramos fazer tais mudanças, pois teremos que refazer tudo de novo, e uma coisa que tenho aprendido em gestão de projetos de qualquer natureza é que seu plano deve sempre ser capaz de suportar mudanças durante o desenvolvimento do projeto.

#2. O que? Um milhão em um ano?

Então você está procurando uma forma de, investindo R$ 500,00 por mês, alcançar a quantia de um milhão de reais? Veja bem, não quero ser o estraga-prazeres, mas R$ 500,00 mensais ao longo de um ano dão um total de R$ 6.000,00, enquanto que um milhão significa R$ 1.000.000,00. Percebeu? O que você deseja é que seu dinheiro renda quase 166 vezes o seu valor em um ano! Isso mesmo, um crescimento de quase 16.600% em um ano! Olha, tenho que lhe ser realista, mas acho que nem nos sonhos mais ferozes do grande investidor Warren Buffett ele conseguiria ver um rendimento tão alto a partir de um capital tão pequeno!

Então, não adianta tentar alcançar um valor tão alto em um intervalo de tempo tão pequeno. O sonho do “um milhão de reais” não é impossível, mas tomará muito mais tempo (15 anos ou mais) e exigirá muito mais disciplina, pois somente depositar R$ 500,00 mensais não será suficiente.

Resumindo: Todos nós queremos ser milionários da noite para o dia, mas isso só acontece nos contos de fadas, naquele momento em que a Cinderela perde o sapatinho de cristal e a bruxa lhe oferece uma maçã envenenada, não, espera, acho que misturei os contos… Ah, deixa para lá!

#3. Você quer achar o tesouro… mas não possui um mapa

Se você fosse um pirata e quisesse encontrar um tesouro enterrado, do que precisaria? Claro, de um mapa! Pois é, no mundo dos investimentos, nosso mapa é nosso plano de investimentos, uma análise cuidadosa de qual é o nosso objetivo financeiro, quanto podemos investir hoje e posteriormente (mensalmente), tempo que pretendemos aguardar para alcançar o valor financeiro necessário para nosso objetivo e por fim identificar as boas oportunidades de mercado que nos ajudarão a alcançar nossas metas.

Infelizmente, muitas pessoas não se preocupam tanto em estabelecer seu plano de investimentos, afinal de contas, está seguindo “aquela dica esperta que um vizinho lhe disse”. Não sei por que o espanto delas quando descobrem que perderam dinheiro ou ganharam menos do que poderiam em outras opções… Se você quer realmente ganhar dinheiro com seus investimentos, precisará ter um mínimo de conhecimento possível para analisar as diversas opções de investimentos existentes e escolhê-las por si só – em vez de simplesmente irem “na onda” com outro amigo ou vizinho…

Se você comete um desses erros, saiba que é um erro grave e você deve reverter sua situação o quanto antes. Se comete dois deles, pare agora mesmo de investir e repense como você está fazendo isso. Errou os três? Bem, é melhor nem comentar!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Que tal trabalhar como freelancer?

Se você já está há algum tempo (semanas, talvez?) procurando informações sobre ganhar dinheiro na Internet, já deve ter lido ou ouvido alguma vez a palavra freelancer. Talvez você até tenha se interessado, percebido uma oportunidade de ganhar renda extra, mas… o que significa ser um freelancer?

Um freelancer é um profissional autônomo, isto é, alguém que presta um serviço para outra pessoa ou empresa sem qualquer vínculo empregatício com a mesma. Com isso, a empresa ganha vantagens por não ter obrigações trabalhistas com o profissional e o freelancer pode sair ganhando se souber negociar corretamente o preço pelo seu serviço.

Quem já trabalhou alguma vez como freelancer sabe que nem tudo é um “mar de rosas”, como em qualquer outro tipo de atividade, há vantagens e desvantagens…

Vantagens de ser um freelancer

  • A possibilidade de trabalhar de qualquer lugar, como sua própria casa, o que pode representar economia e conforto;
  • Uma vez que pode trabalhar em casa, é possível utilizar-se de diversos recursos que já existem nela, como a conexão de Internet, telefone, eletricidade, etc.
  • Como não há vínculo empregatício, não há exigência (ou pelo menos geralmente não há!) quanto a horário e/ou carga horária a cumprir;
  • Você pode ter um outro emprego como principal e atuar como freelancer em suas horas vagas, gerando assim uma renda extra.

Desvantagens de ser um freelancer

  • Não há leis trabalhistas defendendo freelancers, então não há férias, 13º salário, auxílio-desemprego, etc.
  • E se não há leis trabalhistas, muito cuidado na hora de fechar contratos, a fim de evitar calotes e modificações não cobradas;
  • Quando se trabalha sozinho e para vários clientes, pode-se facilmente perder o ritmo e a organização, o que pode prejudicar e muito o andamento dos projetos;
  • Se você é freelancer em tempo integral, ou seja, não possui outro emprego, lembre-se que não há aposentadoria ou FGTS, então você deve economizar e investir, pensando no futuro. A melhor solução é contribuir você mesmo com o INSS (a previdência pública) e se possível complementar com uma previdência privada.

Dicas para ser um freelancer de sucesso

Atuo como freelancer desde 2006, o que me ensinou várias coisas importantes para ter sucesso em meus freelances, como:

  • Trabalhe em algo que você seja realmente bom e goste – isso ajuda a tornar a atividade mais interessante, independente do resultado financeiro;
  • Muito cuidado na hora de fechar contratos: não seja tão rigoroso e inflexível a ponto do cliente sentir-se sufocado, mas também não deixe dúvidas quanto aos direitos e obrigações de cada parte;
  • Exponha sua imagem profissional por meio de um website ou blog com o seu portfólio;
  • Mais importante que saber conquistar novos clientes é saber manter aqueles que já conquistou – lembre-se sempre disso!

E então, amigo, pronto para ganhar dinheiro como freelancer?

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Ainda funciona? Um estudo de caso sobre marketing no Twitter – parte 1

O Twitter é, ainda hoje, uma das maiores redes sociais. A quantidade de pessoas que estão lá, conversando sobre os mais diversos temas, é incrivelmente alta – e é incrível também o quanto esta rede se mantém firme, mesmo com o avanço do Facebook e após o surgimento da rede Google+. Entretanto, será que ainda funciona e vale a pena incluir tal rede social nos planos de marketing de pequenas e médias empresas? E quanto pode custar-lhes para manter suas atividades de interação e engajamento com o seu público?

Tentando compreender um pouco mais sobre isso, decidi analisar as opções de ferramentas voltadas para pequenos empreendedores disponíveis na Internet e encontrei um grande arsenal, desde opções gratuitas àquelas que cobram quase USD 50,00 por mês (o que resultaria em mais de R$ 1.800,00 por ano!) e estamos falando somente dos custos de software, pois a depender do tipo de ferramenta e estratégia a ser adotada pela empresa pode ser necessária a contratação/aquisição de um servidor para continuar executando 24/7.

Neste estudo, escolhi analisar opções gratuitas como Twuffer e TweetDeck bem como opções pagas de preço mais baixo como o antigo JustUnfollow (agora CrowdFire, USD 120,00 por ano) e FollowLiker (USD 97,00 por uma licença lifetime). Cada uma dessas ferramentas possuem propostas diferentes e, portanto, podem até mesmo serem utilizadas em conjunto, mas devidos ao objetivo em questão (promoção e engajamento de pequenos negócios) percebi que a melhor combinação custo-benefício é a adoção de TweetDeck e FollowLiker. Entenda bem, não estou dizendo que estas ferramentas são melhores ou piores que as demais, entretanto, levando-se em consideração os preços, funcionalidades de cada uma e meus objetivos nesse estudo de caso, optei por aquelas!

Com essas duas ferramentas, é possível que um jovem empreendedor consiga fazer o quase impossível: buscar de forma automatizada novos perfis de usuários que sejam compatíveis com seu público-alvo e ainda manter uma interação manual e assim mais próxima. Digo isso porque abordagens totalmente automatizadas poderão ser consideradas spamming, prejudicando não somente a sua reputação, mas até mesmo levar ao banimento nas redes sociais!

Tenho desenvolvido este estudo de caso ao longo destes primeiros seis meses e espero em breve estar publicando aqui os resultados do mesmo de uma forma mais detalhada, mas o que já posso comentar é que os resultados nessas redes sociais não são mais tão bons quanto eram há alguns anos atrás, mas mesmo assim ainda é importante ter social marketing no Twitter como parte de sua estratégia de marketing.

É só aguardarem mais um pouco e logo teremos aqui uma discussão mais detalhada sobre este estudo de caso!

DICA:Pretende investir algum tempo em marketing no Twitter mais ainda não sabe como fazê-lo? O primeiro passo é a criação de uma conta de usuário para você ou sua empresa e começar a procurar pessoas que compartilham interesses em seu mercado de atuação ou que possam precisar de seus produtos ou serviços!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS