A Conspiração contra nossa prosperidade

Continuando nosso estudo acerca da obra A Conspiração dos Ricos, discutiremos hoje a respeito do capítulo quatro, capítulo este cujo título foi traduzido por nós como sendo A Conspiração contra nossa prosperidade. E então, pronto para embarcar na aventura de hoje?

Depressão para ricos e depressão para pobres?

O autor inicia este capítulo trazendo uma discussão a respeito da crise econômica, da depressão e de seus efeitos na vida das pessoas, o que se torna bastante interessante, já que ele possuía dois bons modelos a serem analisados: seu pai rico e seu pai pobre.

Segundo a análise proposta por Robert Kiyosaki, cada pessoa, durante os períodos de crise, age e reage segundo aquilo que aprendeu e acredita: enquanto seu pai com mentalidade pobre buscava segurança por meio da securança no trabalho, seu pai rico enxergou uma oportunidade, a qual abraçou e empreendeu com sucesso.

Obviamente, os resultados conquistados por cada um deles durante a depressão refletem suas ações naquele período: enquanto que o pai pobre buscava cada vez mais a almejada aposentadoria e a “paz” que isso proporcionava, o pai rico aproveitava as oportunidades para fazer dinheiro.

Depressão devido à deflação / depressão devido à inflação

Um próximo passo importante que esta obra dá é quanto à discussão das origens da depressão, desta forma, segundo as razões iniciais da mesma podemos encontrar a deflação ou a inflação como sendo a força causadora principal.

A deflação pode levar a uma depressão na qual o dinheiro ainda apresenta valor, porém não mais o mesmo. Já o caso da inflação como motivadora da depressão, o problema pode ser maior, uma vez que neste caso o dinheiro está perdendo muito rapidamente o seu valor, levando à subida de preços, débitos e tantas outras coisas.

Kiyosaki aponta o fato de a maioria das pessoas prepararem-se para uma depressão do primeiro tipo, enquanto que muito poucas possuem reservas e planos preparando-se para o segundo tipo, o que pode ser complicado, já que, segundo o autor o que há por vir é uma depressão devido à inflação.

Resumidamente, os passos para quem deseja sobreviver a uma depressão são:

  • Conheça seu histórico;
  • Verifique os fatos a respeito da mesma;
  • Trace estimativas e analise fatos e resultados;
  • Tome uma decisão.

Surge então a importância de uma nova regra do dinheiro…

Regra do Dinheiro #4 – Prepare-se para os maus tempos e você somente conhecerá somente bons tempos

E para encerrar as discussões em torno deste capítulo, basta ressaltar a nova regra do dinheiro apontada por Kiyosaki: se você se prepara para os maus momentos, estará pronto também para os bons.

Por “maus momentos” você pode interpretar como sendo referente a inflação/deflação causadora da depressão, bem  como às melhores práticas para prevenção dos efeitos de uma nova depressão sem perder oportunidades de fazer dinheiro.

E aqui terminamos mais um capítulo do livro Conspiracy of the Rich de Kiyosaki!

[Este artigo faz parte de uma série de artigos que compõe o minicurso Estudando a Conspiração dos Ricos]

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

4 comments

  1. Juliano says:

    Q obra é essa “A Conspiração dos Ricos”?
    Conheci esse site hj e isso está sendo novidade para mim.
    Grato.

  2. Vasco Miguel says:

    Os ricos não gastam dinheiro em bens luxuosos com o dinheiro que ganham trabalhando.
    Eles compram esses bens com o dineiro que fazem.
    Uma maneira de se fazer dineiro é usar os juros compostos a nosso favor.
    Dinheiro é poder, mais mais poderoso é a nossa Inteligência Financeira.
    Aprenda com quem tem muito dinheiro.
    Antes de comprar seja o que for pense se essa coisa é realmente precisa ou não.
    Os ricos não gastam de qualquer forma.
    Sucesso é conseguir o que se quer obter
    Felicidade é aceitar o que se tem
    Tenha uma mentalidade de rico e também seja feliz.
    Ser feliz não tem nada a ver com ter muito ou pouco
    Tudo está em nós.
    Se nós agirmos, se nós pensarmos como os ricos fazem também o seremos
    Perceba que um rico quando compra um bem material ele só o fez quando fez dinheiro não quando ganhou dinheiro.
    Por exemplo comprar um Ferrari
    Uma pessoa da classe média viu um vizinho rico com 1 e foi comprar com um empréstimo.
    O Rico só o comprou, não de empréstimo, não do seu salário, mas sim de uma pequena percentagem das mais valias que obteve do seu dinheiro investido.
    Para o Rico ter um Ferrari não é importante.
    O que interessa para ele é ter coisas que lhe tragam mais dinheiro.
    Ser Rico não é ter imensos bens materiais.
    O Rico não gasta de qualquer forma
    Ele pensa primeiro
    Pense como os ricos pensam mas não compre o que os ricos têm só para parecer rico.
    De novo, ser rico não é ter bens materiais caros.

  3. admin says:

    Olá Vasco, fico feliz em ver mais uma grande contribuição sua quanto ao tema!

    A ideia é essa mesma: é saber a diferença entre ganhar e fazer dinheiro. A diferença entre usar crédito, usar salário e usar fluxo de caixa para comprar bens, etc.

    Um abraço e sucesso!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print