Alinhando metas e recursos para o seu sucesso

Olá a todos, mais uma vez, amigos do Clube do Dinheiro! Sentiram minha falta? Peço desculpas a todos, “fim de período no mestrado”, mas prometo que daqui a duas semanas tudo estará “normalizado” outra vez. Bem, enfim, vamos direto ao assunto, hoje eu quero saber se você, amigo leitor, anda alinhando metas e recursos tal que o seu sucesso esteja realmente garantido!

É fato: muitas vezes planejamos objetivos muito audaciosos, porém não alocamos recursos suficientes para alcançar tais metas. Sabe o que acontece quando fazemos isso? Construímos um planejamento fantasioso, no qual acreditamos que podemos, quase de forma miraculosa, alcançar nossos objetivos, mesmo sabendo que não há recursos suficientes alocados para isso. E quando falo de metas e recursos, não falo somente de negócios, pode ser também quanto a investimentos financeiros, carreira e realizações pessoais!

Para ficar tudo bem mais claro, vou citar o meu próprio exemplo. Todo ano, elaboro um planejamento para o ano seguinte. Nesse planejamento incluo inicialmente as metas que desejo alcançar e, logo após, uma estratégia para tal, descrevendo inclusive ferramentas que poderão ser utilizadas. Nada mal, não? Parece o plano perfeito!

No meu plano atual, estabeleci a meta de dobrar os rendimentos nos negócios online (blogs, infoprodutos, etc). Ganhar o dobro? Muito bom, quem não gostaria, não é mesmo? Para tal, analisei os números e realizei algumas estimativas sobre quanto conteúdo deveria ser produzido, divulgado e tal. Isso deu um número absurdo, algo que eu só conseguiria se houvesse, pelo menos, um assistente full time ajudando-me nisso – e atualmente estou sem assistentes, cansei de contratar assistentes e não ter como acompanhar o trabalho deles, sem contar que, agora, estou com recursos financeiros bem mais limitados 🙁 .

Alinhando metas e recursos para o seu sucesso

O que eu fiz? Aumentei o número de pessoas a colaborarem comigo? Procurei uma estratégia em que eu poderia dedicar mais do meu tempo a essa tarefa de produção de conteúdo? Não, simplesmente não aloquei recursos suficientes para a tarefa e deixei desse jeito. Bem, eu queria produzir 41% a mais de artigos do que foram produzidos em 2011 – e no ano passado chegamos a ter 2 assistentes part-time e 4 escritores colaboradores trabalhando conosco. Este ano, por enquanto estamos somente com duas escritoras colaboradoras (e sou muito grato a Jeniffer Silva e a Salete Dias por nossa parceria 🙂 ). As metas estavam lá no alto, mas os recursos estavam lá em baixo. E sem o seu devido alinhamento, é impossível alcançar o que se deseja!

Pois é, parece algo muito óbvio, não? Mas é um erro bem fácil de cometer, se você não revisa periodicamente suas metas e se pergunta: estou alocando recursos (humanos, financeiros, cognitivos e tempo) suficientes para alcançar as minhas metas? Estou usando-os adequadamente?

Então o ponto-chave deste artigo é isso: comece a analisar melhor tudo aquilo que faz e diga para si mesmo se está alinhando metas e recursos para o seu sucesso ou somente “brincando de faz-de-conta”, ignorando o fato de que é possível alcançar as metas sem alguma mudança. Li em Harv Eker (Os Segredos da Mente Milionária) e não lembro o real autor da frase, mas sempre bem verdadeira: “Insanidade é realizar as coisas do mesmo jeito e esperar resultados diferentes”. Então comece hoje mesmo, aproveite 20 ou 30 minutos do seu dia para revisar as metas que você estabeleceu para o ano de 2012 (sim, ainda dá tempo de alcançá-las! 😉 ) e veja se os recursos necessários estão devidamente alocados. Se não estiverem, faça os devidos ajustes (isto é, “aumentar” os recursos ou “reduzir” as metas), até que se atinja um ponto de concordância.

Eu reanalisarei e corrigirei meu planejamento agora, em início de julho. Desta forma, ainda terei um semestre inteiro (ou dois trimestres, pois decidi dividir o ano em quatro trimestres tal que cada um correspondesse a um ciclo PDCA, mas falaremos sobre isso em outro momento!) pela frente para alcançar minha meta (que provavelmente deixará de ser “dobrar a receita mensal até o final do ano” para “aumentar em 50% a receita mensal até o final do ano”, já que não pretendo alocar muitos recursos nisso por agora).

Ah, e já comentei isso por aqui, mas vale a pena lembrar, não é? Quando traçamos metas e objetivos em nossa vida, seja para um negócio, investimento ou realização pessoal, é muito importante que a mesma possa ser mensurada, quantificada. Desta forma, podemos analisar qual o percentual da mesma foi cumprido. Por exemplo, se eu ganho R$ 100,00 por mês com meus investimentos, minha meta é dobrar meus rendimentos, mas alcanço somente R$ 150,00 por mês, significa que cumpri 50% de minha meta. Se minha meta não pudesse ser quantificada (por exemplo “ganhar muito mais dinheiro com meus investimentos!”), não daria para mensurar se realmente a alcancei ou não!

Bem, fica aqui então uma dica em quatro passos bem simples: (1) trace metas mensuráveis, (2) determine e quantifique recursos que serão alocados para alcançar tais metas, (3) revise periodicamente metas, recursos e resultados já obtidos e (4) vá alinhando metas e recursos. Simples, eficiente e pode levá-lo ao tão desejado sucesso, inclusive o financeiro, não? 😉

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print