Análise de marketing, propaganda e publicidade – prática

Olá a todos os amigos do Clube do Dinheiro e aqui vamos nós falar mais um pouco sobre Análise de marketing, propaganda e publicidade, uma tarefa nada fácil após o artigo de nossa amiga Jeniffer, que já explicou um bocado sobre a importância de diversos elementos. Vou, então, tentar aprofundar-me em certos pontos a fim de compreendermos um pouco mais não somente a importância deste tipo de marketing (o Marketing Digital) como também que estratégias e ferramentas você pode empregar.

Àqueles que talvez não tenham lido o artigo de Jeniffer sobre o assunto, aqui vai o link:

Análise de marketing, propaganda e publicidade – teoria

Além dele, há vários outros artigos aqui no blog onde abordamos a importância do marketing, alguns deles:

Técnicas de Marketing

Introdução ao Article Marketing

Já leu todos eles? Garoto(a) esperto(a)… 🙂

Agora, só para esclarecer uma coisa, marketing não se trata tão somente de propaganda, ok? A propaganda é uma das ferramentas existentes para tratar da comunicação, que por sua vez é somente uma das várias preocupações do Marketing!

Bem, vamos agora falar um pouco mais sobre as seguintes estratégias de marketing: email marketing, social media marketing, article marketing, search engine marketing, PPC marketing e banner marketing.

Email marketing

Se você observar o que a maioria dos profissionais de Internet Marketing dizem, podemos resumir em uma única coisa: sua lista de emails é o seu bem mais valioso. Isso acontece por um simples motivo: todas as pessoas que participam dela estão lá porque quiseram voluntariamente (isto é, nada de spam!) e estão todas interessadas em um mesmo tema central, que é no caso o foco da lista (por exemplo, poderia ser “saúde e esportes” o tema de sua lista), logo textos e produtos que sejam anunciados e fortemente relacionados com esse assunto tornam-se mais bem recebidos, aumentando assim as chances de uma melhor conversão em suas vendas (ou seja lá qual for o foco de sua lista de emails).

O grande problema aqui são alguns “profissionais” que acreditam entender tudo de “Marketing” e criam uma lista com objetivos medíocres, isto é, após entrar em sua lista de email marketing, a única coisa que eles lhe enviam são inúmeras propagandas. E ninguém entra em uma lista para receber única e exclusivamente propagandas! Pense nisso quando for criar a sua lista!

Acredito que tais “profissionais” perderam aquela aula falando sobre a importância de agregar valor a todo momento junto aos clientes e potenciais clientes.

Bem, aqui vão algumas dicas para quem está começando ou já desenvolve sua campanha de email marketing:

  • As pessoas só se cadastram em uma lista se forem receber algum benefício em troca (acesso a um ebook, a um software, ou algum tipo de coisa que lhe interesse). Sendo assim, ofereça um benefício REAL! Digo por benefício real que você deveria cumprir exatamente aquilo que você promete. Se você promete que vai lhe enviar um ebook recém-criado por você com táticas secretas para conseguir muito tráfego, não coloque cinco ou seis artigos que se podem encontrar na Internet de forma gratuita em um PDF e entregue isso ao subscrito – se ele for tão crítico quanto eu e “usar os dois lados do cérebro”, em breve perceberá que o tal ebook possui muito pouco valor e desacreditará em você… E eu estou falando sério! Recebo emails de várias listas e alguns deles vão direto para a minha lixeira! Se você vai oferecer um ebook feito a partir de conteúdo que já se encontra na web, ao menos organize-o bem, revise completamente e acrescente alguma informação extra!
  • As pessoas podem abandonar uma lista se não estão gostando do que recebem! Lembre-se disso antes de enviar inúmeras vezes por dia emails com conteúdo somente publicitário! Como disse anteriormente, alguns “marketeiros” acabam na verdade por manchar o nome da área de Marketing com tal prática abusiva! Quer que o seu subscrito continue a fazer parte de sua lista, a gostar do que ela oferece? Envie-lhe emails com conteúdo que realmente sejam do interesse dele! Talvez um curso gratuito rápido sobre algo que REALMENTE VALHA A PENA! Alguns bloggers fazem isso muito bem, enviando esporadicamente emails citando os artigos que, em sua opinião, são os mais importantes para quem está começando um negócio online – uma jogada genial e que permite até mesmo o uso de publicidade, mas sem ser muito intrusivo;
  • várias formas de utilizar-se uma lista, não somente para vender produtos! Pat Flynn, por exemplo, comentou em seu blog que usa a sua lista de emails para ter uma outra forma de relacionamento com os seus leitores, levando assim mais do blog até eles. No caso do Clube do Dinheiro, não temos uma lista de emails realmente, mas qualquer um pode subscrever-se para receber nossos artigos por email, tornando assim mais fácil o acesso ao nosso conteúdo;
  • E “pe-la-mor-de-deus”… SEM SPAM! Eu não compro nenhum produto só porque alguém enviou-me mil SPAM mails! E eu acredito que muitos de meus leitores também não o fazem, então já dá para perceber que esta não é uma boa estratégia. Respeite a caixa de entrada dos emails de outras pessoas!

Há muito mais coisas que poderíamos falar aqui, mas acredito que já está na hora de passarmos para o próximo assunto…

Social Media Marketing

Há inúmeras redes sociais atualmente e você não irá conseguir focar em todas elas ao mesmo tempo – ou se tentar, provavelmente não terá muito tempo para outras atividades. Desta forma, você precisa escolher meios de otimizar vários passos (ok, hora de abrir a “caixa de Pandora” e contar algumas das coisas que tenho aprendido ao longo do tempo):

  • Tenha um blog. Não importa se você é consultor financeiro, possui uma loja virtual ou um sistema de educação à distância. Tenha um blog. O mesmo poderá ser utilizado de diversas formas a fim de alcançar o seu público-alvo;
  • Cadastre seu blog em alguns agregadores de notícias / blogs. No mínimo, cadastre-o no Technorati e no Dihitt. Há vários outros tão importantes quanto, mas a vantagem desses é que eles mesmos se encarregam de ir até o seu blog e publicar as novidades nos sites deles, você não precisará ir lá publicar toda vez que escrever algo novo;
  • Crie uma conta no Twitter. Muita gente o utiliza para divulgar os artigos publicados, mas você deve usá-lo ao menos algumas vezes ao longo do dia a fim de ter alguma interação com seus seguidores (algo muito importante em minha opinião);
  • Registre-se no Feedburner. Por meio do Feedburner, você poderá introduzir a possibilidade de seus usuários receberem os artigos por email (caso você não tenha e não queira cria uma lista para email marketing, caso contrário, é melhor por o formulário para sua lista de email marketing!) bem como publicação de tweets sobre os novos artigos publicados automaticamente (dê uma boa olhada no Feedburner e você vai descobrir como ativar tal opção 😉 );
  • Crie uma página de fãs no Facebook e adicione um widget no seu blog ou website. Eu sei, eu sei, eu ainda não fiz isso aqui no Clube do Dinheiro, mas já estou fazendo em um novo projeto; 🙂 Além disso, tente criar discussões positivas com os seus leitores naquela página;
  • Responda ao máximo os comentários deixados em seu blog. Eu sei, estou falhando aqui de novo, mas já estou resolvendo isso, devagar e sempre! 🙂
  • Comente artigos de blogs do mesmo nicho. Isso ajuda a trocar experiências, bem como a conhecer outras pessoas de sua área, fortalecendo seu networking;
  • Participe de comunidades e grupos em redes sociais que estejam no mesmo nicho que o seu.

Da mesma forma que na seção anterior, poderíamos praticamente escrever um livro contando inúmeras coisas que se pode fazer a fim de aproveitar ao máximo o potencial das redes sociais, mas acredito que já listamos muitos dos pontos mais importantes.

Article Marketing

Ultimamente, esta tem sido a estratégia de marketing em que tenho investido a maior parte do meu tempo.

É por meio do article marketing que você poderá não somente melhorar sua posição nos motores de busca (o ponto em que muitos se apoiam) mas também alcançar mais leitores.

Percebi a importância dessa estratégia como uma forma direta para conseguir tráfego quando estava “passeando” pelo flippa.com e vi um website com muitos lances já feitos e um preço relativamente alto… e quase 90% de seu tráfego vinha de diretórios de artigos! E não estamos falando aqui de 100 ou 150 visitas mensais, mas sim de mais de 100.000!

Em meus blogs, cerca de 80 a 90% do tráfego geralmente vem dos motores de busca, o que aponta o fato de que meu article marketing é muitas vezes desenvolvido pensando em Search Engine Marketing. No caso daquele blog, a estratégia de marketing é desenvolvida visando ser a principal forma de aquisição de visitantes.

Isso despertou minha atenção para uma nova importância que tal estratégia pode ter no Marketing Digital.

Em minhas estratégias de article marketing e search engine marketing utilizo várias ferramentas (algumas pagas e outras que eu mesmo desenvolvo \o/ ). Utilizo-me do Micro Niche Finder, The Best Spinner e três outras ferramentas pagas (na verdade, acabo usando duas, porque uma é tão boa que acaba não sendo necessário usar a outra, muitas vezes 🙂 ). Não cito as outras ferramentas aqui porque, como já falei anteriormente, não estou a fim de “fazer propaganda” sem ter certeza dos resultados.

A estratégia é muito simples aqui: elaborar bons artigos, legíveis e únicos para serem publicados em blogs de terceiros (guest posts), webproperties 2.0 e diretórios de artigos. Agora, é necessário desenvolver uma boa estratégia de linkbuilding, mas isso já é assunto para uma outra hora!

Search Engine Marketing

Esta estratégia nada mais é que o bom uso do conteúdo de seu website bem como uma boa estratégia de linkbuilding a fim de demonstrar aos motores de busca quão grande é a sua autoridade naquele assunto e, assim, posicionar-se melhor para as palavras-chave de seu interesse.

Dito assim, parece fácil, fácil… Bem, já falamos aqui anteriormente sobre técnicas de SEO que podem ser aplicadas com esse intuito e, como já falei anteriormente, até mesmo o article marketing pode ser utilizado para tal objetivo.

Nas últimas semanas, o Google fez uma “pequena mudança” em seu motor de busca que deixou muita gente nervosa. E se você não quiser passar maus bocados mais tarde, é importante que você busque sempre aplicar estratégias White Hat SEO em seu negócio – melhor do que depois ficar chorando e ter que correr para corrigir as “falhas”.

Como disse, o ponto fundamental aqui é unir as técnicas de SEO com article marketing por meio de uma boa estratégia de linkbuilding – a ideia é exatamente essa!

PPC Marketing

“Pay per Click” Marketing, isto é, estratégias de marketing em que você se utiliza de certos espaços publicitários e somente paga quando um visitante clica naquela propaganda. O Google Adwords, por exemplo, é um dos mais fortes sistemas PPC para quem está visando tal estratégia.

Mas é claro que você não pode somente chegar lá, aplicar um monte de dinheiro na sua conta, configurar suas campanhas de qualquer jeito e esperar que tudo seja um sucesso – se você não cuidar disso direito, você vai é perder bastante dinheiro!

Entretanto, temos um problema aqui: não me utilizo (ainda) do PPC Marketing e não vou aqui fingir que sou um especialista. Mas posso apresentar aqui o programa gratuito ShoeMoneyX de Jeremy “ShoeMoney” Schoemaker. Eu me inscrevi há um bom tempo atrás e li muito (mas infelizmente não todo) do seu material e achei bem interessante o que ele falou a respeito de PPC Marketing. Entretanto, devo ressaltar que não me inscrevi em seu programa pago nem uso ainda de suas ferramentas pagas, logo não posso atestar sobre a importância dessas outras, ok?

Banner Marketing

Não há muito sobre o que falar aqui, não é mesmo? Veja bem, trata-se da velha estratégia de pagar para ter seu banner exibido em outro website ou blog a fim de trazer visitantes.

A ideia é boa, mas pode custar caro e seus efeitos são mais do tipo “curto prazo”, isto é, enquanto o banner é exibido, você poderá ter tráfego, mas quando aquele banner for removido, não terá mais aquele fluxo.

O segredo aqui é então fechar parcerias com proprietários de websites e blogs que possuam um fluxo de tráfego que seja realmente interessante para o seu negócio, que realmente possa querer ver o seu produto ou receber o seu serviço. Além disso, você precisa buscar meios de reter aqueles visitantes, para que possa trazê-los ao seu website outras vezes sem precisar mais do tal banner (alguém sentiu aqui um “cheirinho” de email marketing?).

Enfim, a ideia não é muito complexa, mas lembre-se que você não terá que trabalhar muito bem o banner a ser exibido como também a página para onde o visitante irá quando clicar no banner (essa página é chamada de “landing page” – aliás, você pode procurar mais informações na web sobre como desenvolver uma boa landing page bem como visitar algumas landing pages de páginas de produtos ou serviços similares ao seu que já sejam um sucesso para ter uma boa ideia de como fazer a sua, não? 😉 ).

Conclusão

A conclusão? A minha conclusão é que após mais de 2000 palavras digitadas numa velocidade ultra-rápida eu estou bastante cansado 🙂 mas ainda sinto que o assunto não foi abordado tão profundamente quanto eu desejaria. Acredito que, em outra oportunidade, acabarei criando um curso só sobre Marketing Digital para ver se “mato” essa minha vontade de ver esse assunto dito de forma realmente relevante na web.

Bem, espero que vocês tenham gostado deste meu artigo. Bem, caso não tenham gostado, é óbvio que podem escrever um comentário sobre isso e responderei tão breve quanto for possível. E por falar nisso, qual a sua opinião, amigo leitor a respeito da análise de marketing, propaganda e publicidade?

[Este artigo faz parte de uma série que compõe o curso Análise da viabilidade de um negócio online]

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

One comment

  1. ganhe dinheiro online says:

    obrigado pela informacao e pelas dicas. realmente article marketing ainda e vital no quesito seo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print