Archive for AdFly

Ganhar dinheiro com AdFly – parte 2

Olá pessoal! Há algum tempo atrás publiquei um artigo sobre uma possível estratégia para ganhar dinheiro com AdFly e, depois disso, passei algum tempo (dois ou três meses) desenvolvendo a mesma e avaliando o potencial de retorno da mesma. Hoje, gostaria de comentar um pouco mais sobre os resultados que alcancei a fim de deixar claro por que eu recomendo cautela em seu uso.

Antes de mais nada, se você não sabe como funciona o AdFly ou não leu meu artigo sobre a estratégia que empreguei, é uma boa ideia clicar no link que apresentei lá em cima e ler o mesmo antes, assim tirará melhor proveito deste artigo!

Conseguir tráfego não foi tão fácil!

Seguindo a lógica que apresentei no artigo anterior, consegui um bom número de seguidores no Twitter (mais de 5.000, eu acho – digo eu acho porque o Twitter baniu aquela conta há algum tempo atrás… ops!) e publicava de forma periódica links para o meu blog, entretanto as impressões de publicidades do AdFly eram reduzidas, o que me levava a acreditar que poucas pessoas clicavam nas imagens com as propagandas.

ENTRETANTO, durante aquele período decidi experimentar um outro sistema de publicidades em outro blog e este relatava um alto número de impressões das publicidades. Resumo da ópera: um bom número de seguidores de Twitter clicavam nos links para os blogs, mas não clicavam nos links dentro do meu blog com AdFly, que é onde realmente é contabilizada a visita e assim gerando lucro.

Enquanto que o segundo sistema publicitário (que inseria uma propaganda diretamente em meu blog) chegava a apontar pouco mais de 200 impressões diárias, era muito trabalhoso no AdFly para conseguir mais do que 25 impressões diárias! É, ou consigo modificar minha estratégia para melhor aproveitar cada visita ou AdFly realmente não funcionará para mim.

Controle zero sobre a qualidade do que é exposto

Esta é a principal razão para eu ter eliminado todo link AdFly do meu website “Giga Mundo” e “Giga Mundo – Jogos”. Toda vez que alguém clica em um link que leva a uma propaganda AdFly, uma página de algum website anunciante será carregada e você não tem como saber qual a qualidade do conteúdo lá apresentado – e pelo jeito o AdFly também não se preocupa muito com isso.

Consequências? Aqueles blogs foram marcados pelo Google Search como contendo código malicioso (algum malware) e dessa forma penalizados. Isso deve ter acontecido porque o crawler do Google Search deve ter seguido um dos links a partir de meu website e encontrado algum website com código malicioso – e isso afetou profundamente a minha reputação e meu ranking no motor de busca!

Infelizmente, não encontrei no AdFly alguma forma de verificar qual(is) website(s) causou/causaram esse problema e, assim, não pude fazer outra coisa senão remover todos os links AdFly de meus blogs principais. Entretanto, deixei ainda em blogs que tenho em plataformas gratuitas (como na plataforma Tumblr) a fim de continuar alguns experimentos, uma vez que não ganho dinheiro atualmente com os mesmos (por exemplo, aquele fotoblog com fotos de garotas bonitas que comentei foi criado no Tumblr e por isso continua ainda com as publicidades).

Ganhos baixos

Apesar de ter melhorado um pouco o CPM médio das publicidades AdFly (alcançando em um mês o CPM de $2.10 – em dólar), como meus visitantes precisam clicar em uma imagem com link no blog (ou seja, só “conta” a partir da segunda visita consecutiva), meu ganho total até agora foi de $0.56 (em dólar). Bem, já tive experimentos mais frustrantes que me renderam mais! 🙂

Como disse, o CPM médio até melhorou (estive conseguindo tráfego dos Estados Unidos e Europa, que são mais visados pelos anunciantes no AdFly do que o tráfego proveniente do Brasil, por exemplo), mas o retorno a partir de cada visitante é muito baixo.

Facilidade de automação

Bem, para não dizer que só estou falando coisas ruins, uma coisa interessante que percebi na combinação Twitter + Tumblr + AdFly é que não é tão difícil assim automatizar a maior parte do processo e, assim, gastar menos tempo e esforço com isso.

Consegui fazer isso utilizando uma ferramenta que adquiri para ajudar-me quanto ao Twitter (falo mais sobre isso em outra hora) e usando alguns aplicativos simples que eu mesmo criei para ajudar-me a atualizar meu blog no Tumblr. Até pensei em adquirir outra ferramenta para tal fim, mas como o retorno tem sido muito baixo, preferi adiar mais “investimentos em software”.

Minhas considerações

Não utilizarei mais o AdFly em meus blogs principais (isto é, aqueles hospedados em domínios que eu pago), pois pode ferir suas posições nos motores de busca, levando a prejuízos nos ganhos com Adsense (que já não andam lá essas coisas, mas que ainda assim estão bem melhores que os ganhos com AdFly).

Meu primeiro experimento utilizando um fotoblog não foi lá grande sucesso, mas como boa parte do processo pode ser automatizada, não se tornava algo tão ruim assim. Pretendo desenvolver novo experimento com outro tipo de fotoblog (provavelmente, um blog com memes e tirinhas) e mais tarde compartilharei com vocês os resultados.

Ah! E para quem estiver curioso quanto ao banimento de uma de minhas contas no Twitter, acredito que foi porque aumentei a quantidade de posts publicados diariamente no Tumblr, que eram “tweetados” automaticamente via IFTTT. Acredito que o Twitter não gostou disso. 🙁

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Ganhar dinheiro com AdFly – parte 1


Você já conhece o AdFly? É uma combinação de encurtador de links e sistema de anúncios que, se você já se deparou com alguns blogs sobre ganhar dinheiro na Internet, já deve ter lido maravilhas sobre o mesmo.

Bem, como vocês sabem, gosto de realizar novos experimentos e compartilhar com todos (de forma bem sincera, a “verdade verdadeira”) e há algum tempo decidi testar o AdFly (inclusive, se você quiser se registrar, pode fazê-lo por meio do meu link).

Mas vamos por partes…

O que é AdFly?

AdFly é um sistema que permite encurtar o link para páginas da web e compartilhá-lo com outras pessoas. Quando uma pessoa visita um dos links encurtados, é primeiro levada a uma página-propaganda e, somente após esta, vai para a página real. Quem compartilhou o link, claro, ganha a partir da quantidade de páginas-propaganda impressas.

E você pode encurtar quase todo tipo de link, mesmo aqueles que não são para páginas de seu blog ou website (dê uma conferida no AdFly quanto às regras), entretanto nem todo site ou rede social aceita a publicação de links encurtados do AdFly – Facebook e Twitter, por exemplo, não permitem. Isso é um pouco frustrante, quando você possui contas no Twitter com milhares de seguidores e não pode compartilhar tais links diretamente na mesma.

E como ganhar dinheiro com AdFly?

Essa é a parte engraçada da história: se você der uma pesquisada no Google Search, encontrará muita gente dizendo que você pode ganhar muito dinheiro com AdFly, mas não lhe dizem como fazê-lo, tudo o que dizem é: encurte seus links e compartilhe. 🙁

Bem, a verdade é que para ganhar dinheiro com AdFly você precisará, da mesma forma que com outros programas de afiliados e sistemas publicitários, construir duas coisas: conteúdo e tráfego (ambos de qualidade).

Sem conteúdo, os seus visitantes irão embora quase imediatamente (e não olharão outras páginas, logo não gerarão novas impressões de publicidade). E sem tráfego… Bem, sem tráfego ninguém irá gerar impressões de publicidade também! Então o segredo para ganhar dinheiro com AdFly é ter algum tipo de conteúdo que seja do interesse de um possível leitor, encurtar o link e levá-lo até o mesmo.

No momento, estou testando uma tática inspirada em uma que vi em um blog de outra pessoa. Como se trata somente de um experimento, construí um fotoblog pequeno com umas 25 fotos de mulheres bonitas e em cada post coloquei, no final, as miniaturas das fotos para todas as 25 fotos, só que cada uma com um link encurtado no AdFly para o endereço final, assim se alguém vendo um post do meu blog clicar em uma miniatura, primeiro verá a publicidade para depois acessar a página da foto – como a pessoa está interessada em ver a foto, acredito que ela esperará os 5 segundos da propaganda. 🙂

O próximo passo é tweetar os links diretos para os posts em meu blog em uma conta Twitter que eu criei especificamente para esse experimento e que já conta com quase 700 seguidores. Geralmente uso ferramentas para agendar tweets e outras tarefas e percebi que esqueci de iniciar essa segunda parte do processo, o que farei agora mesmo, então no próximo artigo da série poderei publicar resultados mais confiáveis.

Caso esteja curioso sobre por que eu tweeto os links diretos e não os links encurtados, lembre-se que disse que o Twitter não permite links do AdFly, então essa é uma estratégia para conseguir levar tráfego do Twitter até o AdFly por meio de um intermediário (neste caso, o próprio blog).

Outra tática que tenho adotado é trocar links em páginas de downloads de jogos freeware em meu blog sobre jogos para links encurtados AdFly, mas no momento estou mais curioso com os possíveis resultados da primeira tática (pois é relativamente fácil automatizar parte do processo de conquista de novos seguidores no Twitter).

Resultados até então

Ainda é muito cedo para oferecer um diagnóstico definitivo sobre o mesmo (estou usando um blog Tumblr novo e com poucas visualizações para testar), onde só alcancei até agora 45 visualizações (eu disse que estava bem no início! XD ), mas a julgar pela receita por mil impressões (CPM médio = USD 0.45) já se percebe que o retorno é bem mais baixo que o tradicional Adsense e outros programas similares.

Como disse, minha tática foi parcialmente implementada, então não quero tirar conclusões precipitadas. No momento o que pretendo fazer para avaliar melhor o potencial dessa estratégia de monetização é:

1. Desenvolver mais a minha conta no Twitter, alcançando um número maior de seguidores (pelo menos 5.000) e tendo maior engajamento com os mesmos;

2. Publicar diariamente três a cinco links do meu Tumblr blog na conta Twitter para fins de divulgação;

3. Monitoração do número de pessoas que acessarem os links publicados no Twitter e os links encurtados, a fim de determinar qual o percentual de conversão médio do tráfego do Twitter.

Enfim, “ainda há muito chão pela frente” e quem quiser experimentar o AdFly também é bem-vindo, mas já vou avisar que nas comunidades de IM (Internet Marketing) que eu frequento, muitos têm abandonado essa estratégia, enquanto alguns (muito) poucos dizem que a mesma ainda é bem rentável se utilizada a tática certa!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS