Como ganhar dinheiro como designer gráfico

Atualmente designer gráfico tem muitas opções de empregos, pois esta é uma área onde os profissionais são muito requisitados. Se você quer ganhar dinheiro como designer gráfico com um emprego estável ou se estabelecer como uma pequena empresa, existem muitas maneiras para se tornar um designer gráfico empreendedor.

Para ganhar dinheiro, um designer gráfico precisa incluir algumas opções, como adquirir um cargo permanente em uma determinada empresa, ter um contrato pelos seus serviços e vender seus trabalhos individuais para um mercado de peças de conteúdo gráfico.

O que um designer gráfico faz?

O designer gráfico desenvolve o visual de revistas, livros, jornais, anúncios, panfletos e outdoors. O profissional dessa área cria também logotipos e papelaria para firmas comerciais, industriais e individuais, a fim de torna-los mais atrativos, facilitando assim, a leitura.

É o designer gráfico quem define o tamanho que as colunas de uma página terão, escolhe as letras para os textos, seleciona e padroniza ilustrações e cores e também projeta embalagens. Isso tudo faz com que a comunicação seja mais eficiente e agradável, pois o designer gráfico cuida da programação visual de marcas que são veiculadas em campanhas e anúncios, até mesmo em espaços públicos, que é onde a informação precisa ser compreensível, inclusive para o público iletrado.

Esse profissional pode trabalhar no campo digital elaborando CDs-ROM e websites, sendo assim, a proposta de emprego pode ser em agências de design e de publicidade, editoras e birôs de computação gráfica e de produtoras.

Veja mais especificamente o que um designer gráfico faz:

– programação gráfica para TV: produz vinhetas para emissoras e também peças de publicidade.

– editoração eletrônica: cria páginas de jornais, livros, revistas e folhetos, onde distribui o texto e as imagens de acordo com a linha editorial da publicação.

– webdesign: desenha sites para internet, onde considera a melhor forma de transmitir a imagem, os serviços e as informações oferecidos pelos clientes.

Como ganhar dinheiro como designer gráfico

Existe um curso específico para se tornar um designer gráfico com duração média de quatro anos. O curso oferece um currículo completo para o desenvolvimento do profissional. Esse curso capacita o profissional na prática em artes e em comunicação visual e é composto de disciplinas como: cinema, fotografia, linguagem visual, história da arte e do design, animação, ilustração e direção da arte.

Existem ainda aulas de tipografia, embalagem, ergonomia, marca e softwares de editoração. O aluno do curso de design gráfico precisa fazer estágio e apresentar, no final do curso, um trabalho de conclusão. Mas atenção! Algumas instituições de ensino oferecem graduação em designer digital, onde dispõe e uma formação específica em projetos de design para interfaces de mídia digital, como games, animações e websites.

Como é o mercado de trabalho para um designer gráfico

Devido ao surgimento de novas mídias, o profissional de designer gráfico vem ganhando mais espaço. Além disso, o profissional é muito requisitado devido a ampliação dos canais que já existem, como a internet, telefonia celular, publicidade e a mídia impressa.

Outra possibilidade de campo de trabalho para um designer gráfico é trabalhar como autônomo, ou seja, prestando serviços para as empresas ou ter o seu próprio escritório de design.

Designer gráfico autônomo ou freelancer

É normal que todo profissional se sinta inseguro ao iniciar um trabalho autônomo. São muitas as dúvidas que começam a surgir como, “quanto cobrar”, “como conseguir mais clientes”, entre outras. Essas dúvidas são comuns em todas as áreas , pois quem opta em trabalhar como autônomo ou freela, tem que se adaptar a “matar um leão por dia”.

Ser freelancer no campo de designer gráfico é muito comum. Isso porque as vantagens são inúmeras de trabalhar para você mesmo. Se você trabalhar apenas como freelancer, você conseguirá fazer o seu serviço no seu ritmo e da sua maneira, mas se você trabalhar como freelancer apenas para ter um extra, terá uma boa quantidade em dinheiro no final do mês.

Como o mercado hoje é formado, na sua maioria, por profissionais autônomos, não temos como definir uma média de ganhos, mas sabemos que o salário inicial em uma empresa é de R$ 2.200,00.

Mas antes de se tornar um profissional autônomo ou freelancer, se atende a essas dicas:

1.      Marque território

Antes de você sair do seu emprego atual, tenha certeza de onde vai pisar. Antes, tente adquirir o máximo de conhecimento e experiência na área de design gráfico, pois assim que você estiver atuando, já saberá quais atitudes poderão ou não ser tomadas em determinada situação.

Sem contar que você terá uma visão mais ampla sobre o segmento, podendo levar você a criar soluções criativas e exclusivas, o que valorizará ainda mais o seu trabalho.

2.      Diferencial

De nada adianta você entrar no mercado e não ter algo exclusivo para oferecer. O público é atraído pelo diferencial, pois sempre espera por algo novo dos iniciantes. Criatividade é tudo e em qualquer ramo e neste momento, mais do que nunca.

Lembre-se de que, ao abrir um negócio próprio, o mercado precisa saber de sua existência e a melhor forma de mostrar é se destacando através do diferencial. E uma dica válida é sempre se manter em “novidade”, pois muitos designers que está há mais tempo no mercado acabam por estacionar e deixam seus clientes descontentes com os serviços prestados. Abuse da criatividade!

E não adianta dizer que não é criativo, pois a criatividade é um dom que pode ser desenvolvido por todos e continuamente.

3.      Tenha calma!

Muitos que ainda estão se preparando para se tornar um designer gráfico fica eufóricos,a creditando que um designer gráfico ganha “rios de dinheiro”. De fato, isso acontece, mas apenas com os profissionais já consagrados no mercado, ou seja, os que trabalham para grandes empresas.

Só que os designers freelancers, que acabaram de entrar no mercado, precisa ter a humildade em aceitar trabalhos pequenos, afinal, é através deles que esses profissionais irão conseguir o devido reconhecimento.

O que acontece com muitos designers gráficos recém-formados é que eles se decepcionam com sua atual situação no mercado, pois criaram uma imagem de “mar de rosas”, achando que só vão receber grandes trabalhos. Mas diferente disso, os trabalhos pequenos é que predominam, ou seja, adesivos, cartões de visitas, flyers, entre outros.

Para esses profissionais, vale saber que, com o passar do tempo um trabalho bem feito resulta na evolução do profissional gráfico. Então, logo a sua valorização vai se tornar inevitável e será muito bem aceita pelos seus clientes. Fora isso, o nicho de trabalho se definirá após essa etapa inicial de amadurecimento. Isso acontece porque, ao ganhar conhecimento e experiência, o designer gráfico poderá direcionar o trabalho oferecido.

Usando a criatividade para ganhar dinheiro como designer gráfico

A fórmula para ganhar dinheiro como designer gráfico é a da criatividade. Isso porque a fórmula da criatividade ajuda você a gostar de problemas e também a conviver com eles. Sendo assim, o “problema” é igual a “solução” mais a criatividade que é igual a um “novo problema”, ou melhor, Pr = S + Cr = NPr.

Mas, a criatividade não existe para solucionar os problemas? A resposta é sim! Mas nada definitivamente e por isso que quem a vida “bolando” ideias, o problema se torna a razão de tudo o que for criativo.

Assim, para ganhar dinheiro como designer gráfico, busque sempre se inspirar em algo que você se identifique. Todo trabalho exige muita pesquisa e você pode criar o seu próprio estilo criativo, aplicando no seu trabalho, influências diárias, como na sua cultura, cotidiano, música, e outros. Não se sinta preso a um conceito, crie o seu próprio estilo!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print