Como investir e ganhar mais com seu dinheiro

Vamos supor que este foi um ótimo ano para você, amigo leitor home worker, e que conseguiu economizar um bom dinheiro de seu trabalho. Parabéns, mas seu objetivo não deveria ser somente economizar algum dinheiro, você pode até mesmo ganhar mais um pouco a partir dele, se souber investir com o objetivo de ganhar ainda mais. E para isso, claro, há vários “produtos” no mercado conhecidos como investimentos financeiros.

Quando se fala em investir dinheiro no mercado financeiro, muitas pessoas procuram “soluções perfeitas”, do tipo receitas de bolo. Entretanto, não há uma solução perfeita para todas as ocasiões e sim aquela que melhor se encaixa às suas necessidades e tolerância ao risco, ou seja, a melhor forma de aplicar o seu dinheiro só pode ser determinada por você mesmo.

A primeira coisa que você precisa saber é que maior será a probabilidade de um maior rendimento quanto maiores forem o tempo e o montante aplicado. Em outras palavras, não é muito interessante investir R$ 20.000,00 e resgatar 30 dias depois, é muito melhor investir essa mesma quantia ou uma menor por um ano, por exemplo, quando conseguirá um melhor rendimento por esse capital, provavelmente. Diz-se provavelmente porque todo tipo de investimento apresenta algum nível de risco – e geralmente os investimentos com maiores rendimentos são também os mais arriscados. Você pode conversar tudo isso com o gerente do seu banco a fim de conhecer os tipos de investimentos certos para você que o seu banco pode lhe oferecer.

Então, temos três elementos importantes em nossas aplicações financeiras: montante a ser aplicado, tempo que manteremos aquela aplicação e nossa tolerância ao risco. Quanto maior a nossa tolerância ao risco significa que estamos dispostos a corrermos maiores riscos em busca de melhores rendimentos. Quanto menor ela for, então preferimos aplicações mais conservadoras e seguras, que não oferecem grandes rendimentos, mas não correm o risco de levar-nos a perdas financeiras diretas. Sob tal ótica, temos opções conservadores como a caderneta de poupança e fundos de renda fixa, bem como opções mais agressivas como compra e venda de ações e forex trading.

Outros fatores interessantes a serem considerados no momento de escolher como montar sua carteira de investimentos são idade do investidor e o nível de liquidez esperado da aplicação. Quanto à idade, quanto mais jovem você for (principalmente se estiver investindo focando em sua aposentadoria ou em resgatar somente após 5 ou 10 anos), então melhor poderá recuperar-se no caso de fazer uma escolha em renda variável que não seja rentável a curto prazo. Neste caso, você poderá esperar algum tempo até que a mesma se recupere a fim de resgatá-la. Já quanto à importância da liquidez, depende de quão veloz deveria ser converter uma aplicação novamente em dinheiro caso surja a necessidade. Por exemplo, se você possui todo o seu dinheiro aplicado em um imóvel e, repentinamente, você precisa daquele dinheiro, quanto tempo levaria para conseguir vendê-lo e ter seu dinheiro de volta?

Se você já possui uma conta em algum banco, converse com o gerente de sua conta para saber mais sobre a possibilidade de investir em ações. Quando não se conhece muito sobre bolsa de valores, uma boa opção pode ser acompanhar as “sugestões de carteiras” que alguns bancos oferecem aos seus investidores. Entretanto, em minha opinião, se você não conhece muito ainda, o melhor mesmo é aguardar mais um pouco e, primeiro, participar de cursos e ler livros sobre o assunto: lembre-se, se você investir e perder dinheiro, quem perderá não é o banco e sim você! Por isso, se deseja investir em ações, estude bem o comportamento não somente das ações, mas também das empresas e da economia mundial como um todo – quanto melhor você conhecer todas essas variáveis, melhores escolhas poderá fazer.

Uma outra forma de investimento em renda variável é o papel de índice Brasil Bovespa (PIBB), que acompanha a variação do índice Bovespa. Você pode aplicar por meio de bancos e corretoras nesse tipo de investimento. Entretanto, se você realmente preferir investimentos em renda fixa, outra opção interessante são os títulos públicos. Dependendo da quantia aplicada e o tempo de duração da aplicação, os títulos públicos podem mostrar-se mais rentáveis que a maioria das aplicações em renda fixa. E então, já sabe como vai aplicar o seu dinheiro?

Bem, e com isso, encerramos a série de artigos do Trabalhar em Casa Hoje para o ano de 2013 e esperamos surpreendê-lo ainda mais em 2014, com excelentes artigos e muita informação de qualidade para você, claro, sobre trabalhar em casa!

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *