Como ser um bom investidor

O mercado financeiro às vezes pode parecer selvagem e arriscado, mas não o é, desde que você saiba como ser um bom investidor, isto é, atue com paciência, disciplina e determinação.

Na busca por conseguir mais e mais lucros na área de investimentos, as pessoas podem estar expondo-se a riscos incalculados, o que acabar por levar à má interpretação de que o mercado financeiro é um lugar perigoso demais para quem nada ou pouco sabe sobre investimentos.

Fizemos alguma pesquisa e constatamos que diversos dos nossos leitores procuram exatamente isso, aprender como ser um bom investidor, a fim de aproveitar ao máximo as oportunidades do mercado financeiro. O Clube do Dinheiro, então, preparou esta “cartilha do bom investidor”, assim você pode aprender rapidamente alguns dos princípios mais importantes para alcançar seu objetivo. Vamos lá então?

Dica #1 – Aprenda o máximo que puder sobre investimentos

Esta com certeza precisa ser a primeira dica! É loucura começar a investir antes mesmo de conhecer um pouco os diversos tipos de investimentos bem como os prós e contras de cada.

Sei que você deve estar muito ansioso para aplicar suas primeiras economias e vê-las crescer, mas cuidado para a euforia não o levar a tomar más decisões que o farão arrepender-se mais tarde!

Leia livros, participe de cursos, visite sites e blogs, enfim, toda fonte de informação é válida (claro, lembre-se de pesar a autoridade da pessoa na área, isto é, quão grande é sua experiência e quão respeitado o mesmo é nesse campo de atuação).

Se você está começando, não adianta querer partir da leitura de livros muito avançados, como ponderações a respeito deste ou aquele sistema de análise de cotação de ações. Você deve começar por livros introdutórios no mundo dos investimentos!

E por falar em introdução, vale lembrar que nós oferecemos aqui no Clube do Dinheiro o curso Manual do Investidor, que pode ser acessado, lido e comentado a qualquer momento. 🙂

Dica #2 – Respeite o seu perfil de investidor

E aqui está o segundo problema que pode levar um investidor a perder dinheiro – expor-se a riscos demasiadamente, extrapolando a tolerância indicada para o seu perfil.

Se você prestou atenção em nosso curso Manual do Investidor, deve lembrar de um artigo chamado Conhecendo o seu perfil de investidor, que busca explicar ao máximo a importância de identificar qual o seu perfil de investidor, bem como ajuda-o a descobrir em qual dos três principais grupos você se encontra.

Uma vez identificado qual o seu perfil de investidor, a fim de reforçar tudo e não permitir-se jamais “fugir da trilha”, sempre que investir em aplicações de renda variável, pergunte-se: este é um dinheiro que, se eu perder, não me fará falta? Se sim, vá em frente, caso contrário, talvez você precise verificar se esta oportunidade é realmente para você.

Dica #3 – Saiba encontrar boas oportunidades

Lembre-se: o sucesso de sua empreitada depende muito mais de quantas boas oportunidades você conseguiu aproveitar do que do total de “tacadas” que você deu. Em outras palavras, é sempre uma excelente ideia pensar bastante antes de fazer o próximo passo quando se trata de investimentos.

Está interessado em adquirir novas ações? Você avaliou quanto precisa investir e conseguir mensalmente para cobrir os valores de custódia e taxas sobre operações de compra e venda? É bom que tenha feito, caso contrário, investir em ações pode tornar-se um pesadelo.

Dica #4 – Procure seguir os passos dos investidores de sucesso

A prática leva à perfeição e este mesmo pensamento é válido na hora de investir: quanto mais você estudar as decisões de grandes investidores e aplicá-las em seu dia-a-dia, maiores serão suas chances de tornar-se um sucesso como eles!

Vale lembrar para tomar muito cuidado para não se deixar enganar, seguindo pessoas que dizem ser grandes investidores, quando na verdade estão somente interessados em conquistar sua confiança.

Se quer uma dica, que tal estudar o perfil de Warren Buffet? Ele tornou-se conhecido por seu estilo único adotado no momento de tomar decisões quanto a investimentos. “Invista em empresas, não em ações”, dizia Buffet. Se ele estava certo? Bem, ele é conhecido como o maior investidor do mundo. O que mais posso dizer?

Você pode ler um pouco mais sobre ele em nosso artigo sobre o livro Os princípios de investimento de Warren Buffet.

Dica #5 – A melhor hora para começar é agora!

Enquanto que muitas pessoas vivem com medo de começar a investir e escondem-se a todo custo, é interessante que você se lembre que o melhor momento é agora.

Por que aprender somente lendo em livros quando você pode pegar um pouco de suas economias e experimentar aplicá-las em algum tipo de investimento de renda fixa? Os riscos são bem baixos e lhe oferecem algum potencial de rentabilidade.

Enquanto que algumas pessoas não seguem a primeira dica, esquecendo de preparar-se para os novos desafios à frente, outros ficam com tanto medo de começar a corrida que jamais conseguirão chegar ao fim da maratona em busca de dinheiro e novas oportunidades!

Dica #6 – Invista pelo desafio, pelo prazer de gerir bem o seu dinheiro!

Há várias formas de ganhar dinheiro e investir é uma delas, mas não a única! Se você perceber que investir “não é muito a sua praia”, que você não possui realmente o temperamento certo para isso, você deveria dedicar mais esforços naquilo que realmente o atrai.

Não digo com isso que você não deva investir nada, até porque, como nós sabemos, investimentos é um dos pilares na busca da independência financeira. O que digo é que se você se sente muito mais à vontade exercendo outra atividade (como um microempreendedor, por exemplo), busque nessa seu principal caminho para o sucesso, mantendo os investimentos como opção secundária.

O motivo é simples: é sempre mais fácil ganhar dinheiro fazendo aquilo que realmente amamos. Torne-se um especialista naquilo que o motiva e você terá 1001% de chances de tornar-se um milionário! 😉

Mas se você perceber que você realmente quer ser não somente um bom investidor, mas o melhor de todos (temos sempre que mirar bem alto!), então vai em frente e trilhe seu caminho para o sucesso!

Espero que estas seis dicas ajude-o a compreender como ser um bom investidor e a tirar proveito do mercado financeiro. Mas e então, quais são as suas dicas de ouro? Comente-as!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print