Dólar em alta! O que fazer?

Saiu na noite de quarta-feira no website Valor Econômico matéria comentando que, apesar dos vários esforços do Banco Central para estabilizar a desvalorização de nossa moeda, não deu outra: a mesma tomou mais um tombo e fechou (até ontem) no valor aproximado de R$ 4,15 (e hoje atingiu a cada dos R$ 4,24, mas já recuou após anúncio do presidente do BC). E se você acha que a pior parte já passou, fique sabendo que a agência de classificação de riscos Fitch Ratings reduziu a retirar o grau de investimento do Rio de Janeiro.

Tudo isso está acontecendo como consequência do momento atual que vivemos, já que as contas da administração pública não fecham de jeito nenhum e o mundo começa a prestar mais atenção (na crise) no Brasil. Claro, não se trata somente de razões internas, já que devemos lembrar que a moeda norte-americana passou por longo período de crise e nos últimos anos vem se fortalecendo (em outras palavras, valorizando-se). Mas e agora, com o dólar subindo tanto (e sem previsão de quando começará a cair de verdade), o que nós podemos fazer para tirar proveito disso?

É bem provável que nos próximos meses comecemos a ver uma onda de produtos eletrônicos, eletrodomésticos e outros bens importados vendidos a preços mais altos, como consequência da subida dos custos de importação. Em contrapartida, é um ótimo momento para empresas exportadoras, já que poderão vender seu produto a um preço mais competitivo sem perdas de lucros.

Já para mim e você, pessoas físicas que não possuem grandes empresas, há três coisas a fazer:

a) Cuidado na compra de produtos importados, pois você pagará muito mais caro do que pagará “após a maré baixar” (o problema é que tomará um bom tempo para essa “maré” baixar);

b) Se você possui uma empresa com produtos ou serviços possíveis de serem exportados mas ainda não o faz, aproveite o momento: Amazon, eBay e AliExpress são somente algumas oportunidades para empresas exportadoras;

c) Se você tem websites ou blogs de nicho em língua inglesa, essa é uma boa hora para expandi-los, aumentar seus ganhos e assim faturar quase o dobro do que ganharia há um ano e meio atrás!

E lembrem-se que sempre “onde há crise, há oportunidade”! Se todo mundo está chorando… venda lenços! Quem não possui muita prática com negócios online (um caminho para ganhar dinheiro na venda de produtos em dólar) deve-se agarrar a bons programas de afiliados que ofereçam algum treinamento aos recrutados. É bem provável que você não ganhe nada nos primeiros meses, mas aos poucos poderá obter uma pequena renda extra que lhe custe somente algumas horas no fim de semana – e com a alta do dólar, “qualquer um dólar” já está valendo!

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *