Imprima seu próprio dinheiro

E o capítulo de hoje de A Conspiração dos Ricos não poderia ter um nome mais sugestivo e interessante: imprima seu próprio dinheiro. Mas, como? Isso é possível? Bem, vamos com calma que daqui a pouco chegamos lá.

Mas o que é investir a longo prazo?

Uma das discussões de hoje é em torno da expressão longo prazo, que pode ser interpretada de diversas formas – prejudicando assim a compreensão e, possivelmente, os investimentos.

Para um short-term trader, um dia pode significar um investimento a longo prazo, mas para alguém que investe para a aposentadoria (e não possui o interesse de fazer inúmeras movimentações para conseguir êxito), 5, 10 ou 20 anos podem representar um investimento a longo prazo.

O autor sugere então que em vez de utilizar o termo longo prazo, nós deveríamos dizer que o correto é investir de acordo com uma “estratégia de saída”, isto é, tendo em mente a estratégia que adotaremos para chegar aonde queremos para então “sair”, isto é, efetuar o resgate ou aplicar em um novo tipo de investimento.

E quanto à diversificação?

Outra coisa que o autor critica é o uso indiscriminado da palavra diversificação – este é outro termo cujo significado vem sendo interpretado de forma bastante tendenciosa ou ao menos parcial por cada um dos diversos “jogadores” dos investimentos bancários.

Certos fundos de investimento, por exemplo, podem investir o seu dinheiro em papéis de empresas de ramos diferentes – commodities, serviços, tecnologia, etc. Entretanto, todos não passam de papéis. E onde estão os investimentos em ouro, moeda, mercado imobiliário ou outros tipos? Para aqueles fundos, eles já estão atuando bastante diversificados.

Por outro lado, na opinião de Robert Kiyosaki (bem como de Donald Trump, bilionário e amigo do autor), diversificar nada mais é que proteger a ignorância, uma vez que a diversificação, além de reduzir os riscos, reduz também a margem de lucros. Assim sendo, a melhor maneira de evitar os riscos não é diversificando, mas sim conhecendo aquilo em que se está investindo de verdade – se você sabe realmente que determinado investimento será rentável, então não há riscos ou os mesmos serão mínimos.

Na opinião do autor, um investidor pode ser considerado diversificado se ele mantém investimentos nas quatro categorias seguintes:

  • Negócios – compra e investimentos diretamente em empresas;
  • Mercado imobiliário – compra, venda e locação de imóveis;
  • Ativos de papel – aplicação em ações, caderneta de poupança, certificados de depósito bancário, fundos de investimento, etc;
  • Commodities – compra e venda de ouro, prata, petróleo, fontes de energia, etc.

Extermine o seu consultor financeiro

Calma, não é exatamente isso que o autor fala neste capítulo, mas se você observar bem o que ele diz, tratam-se de duras críticas quanto ao papel de muitos consultores financeiros que, em vez de estarem ali para ajudar-nos a a melhorar nossa situação financeira (é para isso que serve um consultor financeiro, não?), na maioria das vezes desempenha somente o papel de um “vendedor”, estando ali somente para convencer-nos da importância de adquirir este ou aquele ativo como sendo o melhor para nós.

Pouco conheço (por enquanto!) sobre o papel de consultores financeiros em outros lugares do Brasil, mas o autor deixa bem claro que a maioria dos consultores financeiros dos Estados Unidos atuam somente com um grupo ou tipo restrito de ativos, geralmente em ativos de papel (ações, poupança, fundos, etc).

Isso, como se pode imaginar, prejudica bastante aqueles que tiverem outro tipo de ativo como o mais adequado ao seu perfil – por que adquirir ativos de papel quando as mesmas não poderão trazer para mim os mesmos resultados que conseguem para outros? Bem, infellizmente se trata de somente uma coisa: negócios. Eles precisam vender, você “quer” algo para comprar e lhe render mais tarde e, mesmo não sendo esta a melhor solução para você, eles tentarão “empurrar-lhe”.

Dinheiro, derivados, conhecimentos financeiros e como imprimir o seu dinheiro

Sim, o título desta seção é grande, mas é porque o autor aborda vários conceitos distintos para começar a mostrar o que ele quer dizer com “imprima o seu próprio dinheiro”.

A partir da explicação sobre derivados no mundo dos investimentos (um derivado é algo criado a partir de outra coisa, uma novo tipo de investimento baseado na rentabilidade de outro tipo de investimento, por exemplo), lembrando que a nova regra #1 é “conhecimento é dinheiro” (ou, conhecimento é a nova moeda, como prefiro dizer) e que nosso objetivo é ganhar mais dinheiro, então podemos chegar a uma afirmação: precisamos aprender como transformar nossos conhecimentos financeiros em derivados a fim de ganhar dinheiro.

Perceba que estamos falando sobre como ganhar dinheiro a partir de nossos conhecimentos financeiros – isto é porque a conspiração não quer que aprendamos como cuidar de nosso dinheiro, pois, com educação financeira, além de não “darmos” nosso dinheiro a eles, passamos a jogar o jogo deles, competindo com eles para ganhar dinheiro também.

E então, como você vai imprimir o seu dinheiro?

E é aqui neste ponto, após diversas explicações e exemplos, em que chegamos. Para alguém que esteja chegando neste blog agora e não leu nossos cursos ou nossos outros artigos, acredito que a história do “imprimir seu próprio dinheiro” pareceu bastante vaga e nada disse.

Bem, para mim, bem como para outros que já estão aqui a ler e a discutir há algum tempo sobre isso, acredito que começa a remover o véu que oculta várias informações importantes sobre como ganhar dinheiro. Eu, por exemplo, já estou começando a repensar alguns conceitos e a tomar certas decisões que possivelmente melhorarão o rumo de algumas de minhas empreitadas. 🙂

E você, meu amigo leitor, já sabe como imprimirá o seu dinheiro? Comente aqui, vamos!

[Este artigo faz parte de uma série de artigos que compõe o minicurso Estudando a Conspiração dos Ricos]

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

2 comments

  1. Ilderley Martins says:

    Ótimas dicas para ganhar dinheiro, se aplicarmos estas técnias com dedicação, poderemos ter exito.
    Parabéns.

  2. andersonbarros says:

    Boa, eu optei por investir em imóveis, estou indo para o segundo, também havia feito aplicações em Previdência Privada, ambos investimentos visando o futuro, claro que só não tenho feito mais por causa da grana, mas assim que possível, quero ter mais investimentos !

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print