Nunca é tarde demais para uma nova empreitada!

Boa tarde mais uma vez, amigos leitores do Clube do Dinheiro! E aqui vamos nós com mais um “artigo-resposta” a um comentário, desta vez a fim de apontar o fato de que não há idade certa para mudanças, nunca é tarde demais para uma nova empreitada!

Bem, este artigo é uma resposta ao comentário de Andréa, que diz o seguinte em É possível ganhar dinheiro fazendo o que eu gosto?:

Pois bem, como citou na matéria acima, 2% das pessoas que lêem o blog, se motivam a ganhar dinheiro fazendo o que gostam!
Atualmente troquei radicalmente de profissão, de Diretora(com sócia) de Escola Infantil, para Consultora Imobiliária. Trabalho na plataforma de vendas de uma construtora, reconhecida aqui na minha cidade, portanto me indentifiquei, com o produto. Sei que é um trabalho onde tens que conquistar a confiança das pessoas, mas tenho pouquíssimo tempo e já tenho clientes fiéis. Muito gratificante! Apesar de trabalhar sempre com vendas, vendas de serviço, produto, sempre coloquei a ética no trabalho, ser transparente nas negociações. Desta maneira me impulsiona a ir em frente, pois tenho muito a prender na nova jornada! Tenho quase 50 anos e me sinto como se estivesse iniciando, tentando interagir com diferentes idades, sempre em busca de aperfeiçoamento.
É isso aí..procurei relatar pra ti..pois cada vez que entra um email do Clube do Dinheiro, paro tudo e vou ler, uma ou duas vezes…
Parabéns e obrigada por existir!

Olá Andréa, prazer em conhecê-la e, puxa vida, desse jeito fico até sem palavras!

Agradeço os elogios e as palavras de encorajamento, agora, uma coisa me chamou a atenção: seu comentário sobre, apesar de já ser uma pessoa bastante madura, perceber que ainda pode aprender muito e estar disposta a isso. Esse é o verdadeiro espírito do desenvolvimento pessoal!

Independente de ser na área financeira, pessoal, social, profissional, familiar, etc. precisamos sempre lembrar que nunca é tarde demais para uma mudança, para aprender coisas novas, para experimentar algo novo que, ocasional ou intencionalmente, pode vir a se tornar uma grande oportunidade!

Surgiu uma oportunidade, mas está temeroso? Não sabe se deve “mergulhar de cabeça” ou ficar longe dela? Simples: avalie as oportunidades e ameaças. Se chegar à conclusão de que há mais oportunidades do que ameaças ou que as ameaças são bastante temporárias ou superáveis, então aproveite a oportunidade! Se ficar com medo, vai perdê-la!

Lá vai uma história!

Li em dois livros (infelizmente não lembro agora o nome, quando recordar eu lhes digo) sobre a história real de um senhor que vivia uma vida agradável e, ao aposentar-se, percebeu que sua aposentadoria não seria suficiente para mantê-lo. Usando-se de todas as suas economias (corajoso ele! 🙂 ), trabalhou na única ideia que lhe parecia viável – uma receita culinária que sabia preparar muito bem (canja de galinha ou alguma outra receita com frango, não lembro) e foi em diversos lugares oferecendo o tal prato para degustação a fim de procurar alguém que acreditasse nele e investisse em sua ideia.

Após procurar muita gente e muito “não” na cara, encontrou alguém que gostou de sua ideia, viu potencial e investiu na mesma – e, com o sucesso de seu empreendimento, tornou-se milionário!

Ele poderia ter se acomodado, sentir-se incapaz, acreditar que já não poderia fazer nada para mudar sua sorte infeliz. Mas não foi assim que ele reagiu, optando por agir o mais rápido possível, mesmo sabendo que estava se arriscando a ainda perder as suas economias!

Ouvir histórias é bom, mas…

Ouvir histórias assim é muito bom, sempre nos anima, mas mais importante que ouvi-las é aprender com as mesmas e partir para a ação!

Andréa, em minha opinião você foi bastante sortuda, pois segundo Robert Kiyosaki, Tim Ferris e vários outros autores de renome, os conhecimentos adquiridos na área de vendas são muito valiosos e podem ajudá-la a vencer novos obstáculos, bem como podem ajudá-la caso mais tarde decida enveredar um novo negócio ou mesmo em situações em que precise negociar com outras pessoas.

Espero que outros leitores aprendam com o exemplo dela e façam o mesmo: se querem uma mudança, não reclamem porque ela não acontece, façam-na acontecer!

Um abraço a todos e até o próximo artigo-resposta! 😉

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

7 comments

  1. Jorge says:

    Sábias palavras!!

  2. Daniel says:

    Opa, Eu frequento teu blog já faz um tempo

    Sobre a historia, ela é famosa, é do dono daquela grande rede de restaurantes de frango frito. Eu li no livro Pai rico, pai pobre sobre isso.

    Eu não cheguei a ler todos os artigos desse teu blog(muita coisa sensacional), mas há um lugar que recomende livros sobre o assunto? Eu lembro de ter pego uns livros de recomendação numa topico sobre introdução as finanças….

    Um abraço,

    Daniel

  3. admin says:

    Olá Jorge, tudo bem? Fico feliz que tenha gostado deste nosso artigo!

    Hoje, eu deveria estar lançando aqui um vídeo denominado “Construindo um negócio online”, mas por vários problemas que surgiram, já tentei SEIS VEZES e não tive sucesso em sua gravação!

    Acredito que já identifiquei todos os problemas e, amanhã, SEM FALTA, espero finalmente gravar e lançar o mesmo aqui! É só aguardar! 😉

  4. Jorge says:

    Nossa que bom, aguardo ansiosamente.

  5. Daniel says:

    Opa, muito obrigado ae!

    Eu encomendei um livro chamado Bola de Neve que é uma biografia do Warren Buffe, me foi recomendado por varias pessoas.

    Se for bom te mando uma resenha ae!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print