O impacto da crise econômica em seu plano de carreira

Segundo matéria publicada na IstoÉ Dinheiro, 2015 registrou um aumento vertiginoso no número de mão-de-obra especializada (profissionais técnicos ou pessoas da média ou alta gestão) de empresas multinacionais no Brasil solicitando ou participando de programas de transferência para outros países. A principal causa disso, claro, é o atual momento que o nosso país vive, onde todos nós falamos sobre “a crise” mas pouco percebemos da atual dimensão da mesma.


A razão para tantos profissionais desejarem sair do país é fundamentada no plano de carreira traçado por aqueles profissionais, isto é, diante do panorama econômico vivenciado pelo nosso país e prevendo uma possível estagnação em seus salários, optam por ir trabalhar em outros países aonde possam ganhar de 10% a 30% de aumento. E é claro que esta é uma excelente razão para solicitar transferência ou mesmo demissão na empresa em que trabalha – desde que se tenha um bom “plano de emergência”, um plano B para as possíveis adversidades.


Entretanto, é bom lembrarmos que tal “êxodo de profissionais especializados”, como a IstoÉ Dinheiro denominou esse processo, apresentará impacto ainda mais negativo para a nossa economia. Tal êxodo é sinal também da “enxugada” que muitas dessas multinacionais estão fazendo no Brasil e isso significa que pode aumentar o número absoluto de pessoas economicamente ativas desempregadas. Além disso, os setores que mais contribuem com o crescimento econômico em países desenvolvidos são os setores de prestação de serviços e de produção de tecnologias – que serão os mais afetados também. Então, já se pode imaginar que, como em uma grande sequência de peças de dominó, um movimento em falso a respeito de um aspecto poderá levar à queda de nossa infraestrutura de mercado.


Aliás, o cenário econômico brasileiro já se apresenta em frangalhos há um bom tempo – apesar de nosso governo querer ocultar isso – então, meu amigo, já se pode imaginar que não será de uma hora para outra que tudo será resolvido, não é mesmo?


E o que eu faço?


Como você sabe, sempre que algo parece muito ruim para alguém, muito provavelmente estará sendo bom para outra pessoa. Então, se muitos dos profissionais altamente qualificados estão retirando-se do país, vemos aí uma oportunidade e tanto para outras pessoas dispostas a correr atrás e conseguirem a capacitação necessária para exercer tais profissões.


Enfim, mais uma vez, é a velha história do “em tempo de crises, venda lenços!”, mas dessa vez, com um pouco de sorte e muita dedicação, pode ser você o tal vendedor de lenços que irá ganhar um bom dinheiro! Pesquise áreas de mercado que sejam de seu interesse, como você pode adentrá-las e prepare-se, pois se 2015 está sendo um ano difícil para muitos, 2016 pode ser o melhor ano de sua vida, o momento da virada!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print