O que preciso para trabalhar pela Internet?

Para muitos, trabalhar pela Internet, de sua própria casa, parece o emprego dos sonhos. Sem trânsito, no conforto de seu lar e sem um chefe a vigiá-lo todo o tempo. Entretanto, é preciso observar certos pontos a fim de não considerar esta decisão como sendo “o trabalho dos sonhos”, o perfeito “mar de rosas”.

Apesar de não haver um chefe a vigiá-lo a cada segundo, a cobrança pelos resultados será ainda maior – afinal de contas, não há como alguém estar por perto de você a observá-lo e saber se está realmente a desempenhar seu trabalho. É muito mais fácil perder a concentração em suas tarefas, distrair-se e, quando lembrar outra vez que está na verdade trabalhando, muito tempo poderá ter passado – tempo este que foi simplesmente desperdiçado. E se há muitos problemas em cumprir os horários e as tarefas, é possível que comece a bagunçar a sua “agenda de trabalho”, passando a usar parte do tempo que deveria dedicar à sua família a pôr em dia as tarefas do trabalho. Como se pode perceber, pode ser esta uma faca de dois gumes.

Bem, analisando prós e contras, é possível dizer que há mais vantagens que desvantagens, desde que, claro, você tome as devidas precauções para reduzir ao máximo os riscos. E para poder trabalhar pela Internet, é justamente disso que você precisará!

Se você possui um emprego e deseja negociar com o seu chefe para trabalhar em casa, é bom fazer as coisas de forma bem gradual. Primeiro, tenha um bom home office em sua casa e converse com sua esposa e filhos a fim de que entendam os seus objetivos e permitam-no trabalhar em paz no escritórios nos horários que forem futuramente designados. Depois disso, negocie com o seu chefe a possibilidade de sair algum dia um pouco mais cedo e terminar uma certa tarefa em casa – se ele perceber no dia seguinte que a tarefa foi entregue dentro do prazo e com um bom rendimento, será este um ponto positivo.

Não tente avançar muito rapidamente, é necessário que as coisas fluam de forma que não aparente que você quer forçá-lo a tomar uma decisão. Após algumas semanas, negocie terminar uma outra tarefa em casa e, após mais algum tempo, tente aumentar o volume de tarefas, até conseguir um dia inteiro de trabalho em casa para cada uma ou duas semanas no escritório.

Um autor bastante interessante para quem deseja traçar um plano para deixar o escritório e poder trabalhar de qualquer lugar do mundo (literalmente!) é Tim Ferriss, autor de Trabalhe Quatro Horas Semanais. Ele apresenta a necessidade de trabalhar à distância como parte de um plano ainda maior que pode permiti-lo desenvolver seu próprio negócio (e trabalhar mais ainda de casa!) sem ter que deixar o atual emprego. Devo confessar que o plano de Tim é bastante agressivo, mas se bem estudado, você pode aplicá-lo de forma mais moderada e conseguir excelentes resultados.

Ter paciência e evoluir de forma gradativa é muito importante, afinal de contas trata-se de algo bastante arriscado para a empresa (como controlar o horário de trabalho do funcionário?) e que vai contra a cultura corporativa na maior parte das empresas brasileiras. Entretanto, quanto mais você conseguir sucesso em suas tarefas, é bem provável que a empresa se torne mais e mais flexível a fim de permitir-lhe trabalhar de sua própria casa, pela Internet.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print