Panda, we have a problem!

Sim, eu sei… Estou há um tempão sem falar nada por aqui… Como já devem imaginar, muita correria (e algumas novidades a partir de setembro em minha vida, mas deixo para falar sobre isso mais à frente…). O motivo do artigo de hoje é quase um desabafo, mas que serve de alerta a muitos outros que possuem negócios online e ainda estão desavisados: o Panda chegou!

Estou falando do Google Panda, um update que, segundo a Google, deveria prejudicar somente quem apresenta conteúdo de baixa qualidade, e melhorando a vida para quem apresenta conteúdo original e de alta qualidade. Bem… Acho que muitos spammers em língua portuguesa já aprenderam como driblar esse novo mecanismo e nós, que estávamos seguros de que nosso conteúdo não seria penalizado por trabalharmos sempre com nossa experiência seríamos recompensados, fomos pegos despreparados!

Ok, vamos aos fatos!

Nos últimos meses, comecei a comentar mais a respeito de meus negócios online, estratégias, etc. Ao final do mês passado, após inúmeros problemas, alavancamos a situação para um novo patamar de sucesso, os ganhos começavam a crescer e estava certo de que, dentro de dois ou três meses, estaríamos com uma  situação bem estável.

Eis que, nos últimos dias, percebo uma queda repentina: uma queda gigante. Perda de quase 50% do faturamento! Não preciso dizer que fiquei completamente atordoado (na verdade, ainda estou!). E comecei a pensar no que fazer.

Analisei inúmeros parâmetros (na verdade, ainda estou a analisar vários!) e percebi que algo muito estranho – muito mesmo! – está acontecendo… Segundo os resultados do Google Webmasters Tools ainda estamos muito bem colocados em nossos websites para as principais palavras-chave, mas os relatórios dele não apresentam os dados para os últimos três dias, completamente, o que dificulta em muito ter certeza, mas o fato é que começamos a aparecer muito menos nos motores de busca (e nosso tráfego é quase 90% de motores de busca, então já podem imaginar o sufoco!).

E agora, o que fazer?

A primeira coisa em que pensei foi em jogar a toalha… Vender os websites, encerrar isso tudo… Se até agora não foi fácil, pois os gastos aqui devoram boa parte das receitas, o que dizer agora, com uma queda de 50%? E afinal de contas, que “controle de qualidade” é esse?

Revisamos todo conteúdo que nossos escritores escrevem por aqui, revisamos contra duplicidade para evitar que tenha partes copiadas em outros lugares, orientamos nossos escritores como trabalhar o SEO on-page segundo as diretrizes da Google e, mesmo após tudo isso, vejo os meus websites caindo, enquanto que outros que apresentam muito mais “técnicas sujas” estão a subir!

Realmente, começo a me perguntar quão eficiente a Google pode ser… Nutrição em Foco amargou uma séria queda nas visitas – e este é um blog criado em 2008, cuidado somente por mim e minha esposa, conteúdo escrito à base de muita pesquisa e estudo. Mesmo agora, quando temos escritores a escrever, minha esposa ou eu fazemos toda a revisão dos textos!

Enfim, pensei em desistir… Mas aí fiquei mais triste ainda, pois com as vendas poderíamos sim, embolsar um bom lucro e não ter mais trabalho por aqui. Mas deixaríamos nas mãos alguns escritores que se tornaram nossos amigos e que fazem um bom trabalho. Pessoas que gostam do que fazem aqui e, algumas vezes, até mesmo dependem do dinheiro que recebem aqui para cumprir algum desejo ou necessidade.

Que droga, Google! Você tinha que me colocar em uma situação difícil, não é? Bem, vou escolher continuar a jornada, esfriar a cabeça e tentar entender “como trapacear”. Sim, como trapacear, pois se fazendo um trabalho sólido, legítimo, nós somos punidos, então está na hora de arregaçar as mangas para aprender direitinho o que você julga como “website de alta qualidade”, ok?

Então, aos meus amigos escritores, parceiros que trabalham comigo, não se preocupem, as coisas continuarão como estão. Estudaremos a situação e traçaremos possíveis modificações para voltarmos ao nosso ritmo.

E o que isso afeta você, leitor?

Bem, ao leitor, nada. Continuaremos tendo conteúdo de excelente qualidade – na verdade, se possível, até mesmo com maior qualidade, mesmo sabendo que o Google Panda não sabe o que é qualidade ainda…

Mas para você que possui negócios online e que depende muito do Internet Marketing, cuidado. Se a sua principal fonte de tráfego, como a nossa, for proveniente de motores de busca, pode estar arriscando-se demais. No meu caso, tenho outras fontes de renda, de tal forma que isso tudo me deixa numa situação complicada, mas não causa grande impacto em minha vida e planos, mas se você depende principalmente da web, acho melhor você começar a procurar outras fontes de tráfego e, se possível, de renda (estou vendo o dia em que o programa Google Adsense também vai gerar problemas, então é melhor tomar cuidado…).

Outras alternativas para Internet Marketing

Uma boa ideia é começar a trabalhar outras formas de IM. Você pode explorar, por exemplo, a força das redes sociais, bem como uma boa lista de emails de pessoas realmente interessadas no que você tem a dizer.

Em um projeto para um cliente, estamos nos utilizando bastante do Twitter e estamos vislumbrando bons resultados. Começamos há cerca de duas semanas e resultados expressivos deveriam começar somente daqui a uns dois ou três meses, ou seja, se você quer ter bons resultados em redes sociais, deve começar hoje e saber esperar!

E por falar em saber esperar, vou continuar esperando mais um pouco, gerar mais alguns dados, fazer mais algumas análises e experimentos. Assim que tiver novidades sobre a situação, entrarei em contato! 😉

Um abraço a todos e sucesso!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print