Papo Reto: Por que você não está trabalhando em casa?

O papo reto de hoje será sobre oportunidades para trabalhar em casa. Aliás, por que você não está trabalhando em casa ainda? Parece um sonho, não? Não desperdiçar tempo tendo que se arrumar tanto, evitar todo aquele trânsito chato, poder dedicar algum tempo à sua família em um intervalo ou outro etc.

A resposta é simples: apesar de ser este o sonho de muitos brasileiros (fonte), muitos empregadores vêem com descrença a possibilidade de trabalhar em casa (fonte) e quem já trabalhou nessa modalidade (eu, por exemplo) sabe por que: para quem ainda não está acostumado, pode ser muito difícil manter a produtividade devido às várias interrupções que acontecem em casa (veja nosso artigo Trabalhar em casa pode afetar sua produtividade). Além disso, é muito mais difícil para o empregador gerenciar o tempo de trabalho do empregado e se o mesmo está realmente desempenhando suas tarefas – por isso uma boa opção pode ser negociar o pagamento baseado em produtividade, assim é você quem assume esse risco, não o empregador.

Mas vamos ao nosso “papo reto”: fui atrás do que está sendo falado por aí e li cerca de 15 artigos recentemente publicados para ver o que há de legal sobre o assunto, dos quais somente quatro textos pareciam realmente agregar algo novo. Seguem abaixo os tais artigos selecionados e o que eu gostei em cada um deles…

 

Artigo #1 Como encontrar emprego trabalhando de casa

Fonte WikiHow

Apesar de ter um título um pouco confuso, o texto é muito bom e bem completo. Discute pontos importantes para quem deseja começar a trabalhar em casa e não tem a mínima ideia do que está fazendo ou para quem já está trabalhando em seu home office mas está tendo dificuldades em manter sua carteira de clientes ou bater as metas de produtividade. É um artigo um pouco longo, mas que vale a pena ser lido e refletido com calma. Os pontos-chave do mesmo são:

  1. Ao buscar oportunidades para trabalhar em casa, evite falsas promessas focando em sites de anúncios bem conceituados e empresas realmente sérias;
  2. Consulte empresas locais para oferecer seus serviços, principalmente como autônomo, apontando as diversas vantagens que a empresa pode ter, como por exemplo um custo mais efetivo pela produtividade, menos gastos com impostos etc.
  3. Lembre-se de sua rede de contatos: amigos, parentes, isto é, todos que podem indicá-lo para possíveis funções que podem ser exercidas a partir de casa;
  4. Desenvolva competências essenciais para o trabalho remoto, como: domínio no uso do computador, foco em produtividade, comunicação, básico em línguas etc.
  5. Crie suas próprias oportunidades para trabalhar em casa: há várias oportunidades para trabalhar em casa que não envolvem um contrato direto com uma empresa, como atividades artesanais e programas de afiliados.

Como disse, este é um resumo dos cinco pontos-chave do artigo e realmente recomendo a leitura do mesmo. E para complementar essa leitura, sugiro também dois artigos nossos:

Quero trabalhar em casa… mas como?

Verdades e mentiras sobre trabalhar em casa

 

Artigo #2 Como começar seu próprio negócio de passar roupa

Artigo #3 Começar um negócio de conserto de celular

Fonte Trabalhar em Casa

Apesar destes dois artigos do website “Trabalhar em Casa” não serem especificamente para quem quer ter um home business (falei bonito, hein?), ambas as oportunidades podem ser executadas em casa, também. E se você tiver uma garagem que possa isolar do resto de sua casa, pode transformá-la em uma loja e oferecer lá seus serviços.

O que mais gostei destes artigos é que eles tratam de oportunidades para as quais sempre haverá demanda. Além disso, eles apresentam um passo-a-passo que, se somado ao que foi apresentado no artigo anterior, pode prepará-lo bem para iniciar seu próprio negócio em casa (no caso, os artigos falam sobre negócios de lavanderia e manutenção, mas você pode expandir para várias outras áreas ou focar certos nichos – subáreas).

 

Artigo #4 12 aplicativos para trabalhar de casa ou de qualquer lugar do mundo

Fonte Preparado Pra Valer

Em vez de falar sobre como prospectar ou se preparar para uma oportunidade para trabalhar em casa, este artigo aponta softwares que você provavelmente precisará durante suas atividades laborais. Eu diria que a lista com os 12 aplicativos é bem legal, mas provavelmente nem todos precisarão de todos eles, sendo que dos mesmos aqueles que considero mais imprescindíveis são:

  1. PayPal – a depender de quem é seu cliente-empresa ou seu modelo de negócio, você precisará de uma conta no PayPal para receber seu dinheiro. Algumas situações em que isso acontecerá:
    1. Você trabalha para uma empresa que prefere efetuar o pagamento dessa forma;
    2. Você está vendendo seus próprios produtos pela Internet;
    3. Você está vendendo produtos de terceiros (programas de afiliados).
  2. DropBox – fácil de usar, pode ser uma mão na roda para quem usa o computador para criar documentos, editar imagens, executar tarefas cotidianas, registrar vendas etc. pois permite que salve nas nuvens uma cópia de seus arquivos, que também podem ser compartilhados com outras pessoas, ou seja, você pode usá-lo para:
    1. Realizar backup (cópia de segurança) dos dados mais importantes;
    2. Compartilhar arquivos com outras pessoas.
  3. Skype – muito bom para realizar comunicação online, seja ela por meio de chat em texto, áudio ou vídeo. É possível até realizar videoconferências com um número limitado de pessoas (já usei para conferências via áudio com outras duas pessoas durante algumas horas e tudo fluiu perfeitamente);
  4. Basecamp – o artigo em questão cita esta ferramenta para gerenciamento de projetos e tarefas. Entretanto, se eu fosse citar alguma, recomendaria usar o WorkFlowy, que é a ferramenta que estou adotando no momento – é praticamente meu cérebro digital. Apesar de ser bem simples em seu design, ela é flexível o suficiente para que você a use do jeito que melhor funciona para você – e isso é simplesmente sensacional e comentarei mais sobre isso em outro momento.

Se você deseja trabalhar de sua casa mas não sabe por onde começar, eu espero que estas referências e comentários sejam bem úteis. Além disso, recomendo ler nossa seção Trabalhar em casa e acompanhar nosso blog, pois esse papo reto deu-me uma ideia legal – é só nos acompanhar para saber o que é!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print