Perícia digital

Com o aumento de pessoas com acesso a Internet e a tecnologia, aumentou também o número de fraudes, roubos, perda de informações, comportamento ilícito de funcionários e muito mais. E pensando no crescimento deste tipo de ação que muitas empresas de todo o Brasil resolveram investir na perícia digital, para recuperar documentos, vigiar funcionários, condutas, roubo de informação e dados, além de muitos outros serviços oferecidos por empresas especializadas na área.

É pensando neste mercado que muitos decidem investir na área que tem sido bastante requisitada por órgãos públicos, federais e por empresas privadas. Segundo o dono de uma empresa criada em 2008 as empresas privadas pagam de 15 mil a 80 mil reais por tal serviço, já órgãos governamentais costumam pagar cerca de 5 mil a 15 mil reais pela perícia digital, que pode ser realizada no próprio local do crime ou por meio de um computador, o que faz com que o negócio não necessite de um espaço grande para ser viabilizado.

Uma empresa entrevistada pela PEGN já trabalhou em centenas de casos, sendo 70% para iniciativas privadas e o resto para órgão do governo. O dono da empresa a firma que o setor é muito importante e ainda tem que crescer muito. Além disso, ele afirma que é difícil encontrar profissionais qualificados para atuar no ramo, é preciso ter formação jurídica, tecnológica, vivência pública e privada afirm o dono da empresa.

E agora, alguns dados publicados pela PEGN que com certeza são do interesse de todos que desejam iniciar tal empreendimento:

  • Investimento de R$ 80.000,00;
    • Equipamento e instalações – R$ 30.000,00;
      • Uma estação forense;
      • Computador com todos os sistemas operacionais;
      • Softwares para análise de documentos e dados;
      • Coleta de informação e recuperação de dados;
      • Computador com Internet;
    • Capital de giro – R$ 50.000,00;
  • Faturamento médio mensal – R$ 80.000;
  • Funcionários – 7;
    • 1 dono;
    • 1 secretária;
    • 3 profissionais forenses;
    • 2 profissionais especializados em segurança da informação.
  • Prazo de retorno – 12 meses.

A fim de obter um contrato de perícia digital com governo é necessário que o profissional perito digital esteja habilitado com os órgão competentes e trabalhistas de sua cidade onde atua e encaminhar a juízes seu currículo, com documento que prove o ausência de parentesco com juízes, diploma para comprovar que está formado e antecedentes criminais. Em casos de divergência de informações, o profissional pode perder a habilitação.

Não podemos esquecer que o negócio necessita de um bom plano de negócios e de uma boa administração para alcançar o sucesso, seja neste ou em qualquer ramo, para isso o Ideias de negócios aconselha o futuro empreendedor a sempre investir em si mesmo, aprender mais e mais sobre o seu negócios nunca é demais, e no futuro você irá nos agradecer!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print