Planejamento financeiro

O Planejamento Financeiro é uma forma inteligente de administrar seu dinheiro, seus bens, patrimônios e dívidas para garantir a saúde de sua vida financeira. Mas o planejamento financeiro é importante também para quem tem um sonho ou objetivo, como a compra da casa própria, do carro novo ou uma viagem de férias, por exemplo.

A grande maioria das pessoas entende o conceito de planejamento financeiro como “gastar menos do que se ganha”, o que de certa forma é verdade, mas o Planejamento Financeiro vai além disso. É preciso definir prioridades e objetivos, para não se perder no meio do caminho. Um bom gerenciamento de sua vida financeira fará com que o seu sonho se torne realidade.

Situações adversas que exigem o planejamento financeiro:

  • Auxílio financeiro a parentes ou pessoas próximas;
  • Dívidas;
  • Recebimento de herança;
  • Mudança de carreira;
  • Gravidez na família;
  • Entrada na faculdade;
  • Casamento;
  • Divórcio;
  • Recebimento de dinheiro inesperado;
  • Aposentadoria, entre outros.

É importantíssimo planejar. Isso faz muita diferença, pois lhe permite realizar seus objetivos dentro de um certo espaço de tempo, sem se enrolar em dívidas. O planejamento financeiro será o mapa que irá lhe orientar em seu caminho.

Equívocos a respeito:

  • Julgar que planejamento financeiro só vale para quem tem muito dinheiro;
  • Pensar em fazer um planejamento só depois de velho;
  • Só fazer um em situações de crise;
  • Investir contando com rendimentos inatingíveis;
  • Traçar objetivos totalmente fora da realidade;
  • Não reavaliar seu planejamento de tempos em tempos;
  • Não levar a sério o que diz o seu consultor financeiro;
  • Não inclui um planejamento tributário no planejamento financeiro.

Para fazer um bom planejamento que traga resultados, é preciso que você pense bem nas metas que quer alcançar e pesquisar bastante para saber qual é o prazo necessário para realizar o seu objetivo (1 ano, 5 anos).

É imprescindível também que você avalie qual é a sua situação financeira no momento e se ela permite que você invista em seu objetivo inicial. A partir daí, pode-se começar a traçar caminhos para seu planejamento, e implantá-las em seu dia-a-dia, claro!

Um outro ponto significativo é: revise seu planejamento financeiro de tempos em tempos, principalmente se algum de seus planos não estiver indo pelo caminho que deveria. Por isso, refaça seu plano quando precisar e nunca tenha medo de recomeçar, caro amigo leitor.

Mas, como começar?

Bom, se você já entendeu o como e o porquê, é meio caminho andado para chegar ao seu objetivo principal. Mas, para fazer a execução de seu projeto, mais duas outras estratégias se fazem necessárias:

Estudar bastante sobre o tema – Pesar as vantagens e desvantagens de seu Planejamento Financeiro, aprender como funciona o mercado, como anda a economia, para fazer as escolhas mais acertadas. A nossa sugestão é consultar sites e blogs especializados em finanças pessoais. Além do nosso blog, o Guia de Investimento também é uma boa pedida para quem está começando. Lembre-se que a informação é uma arma poderosíssima nos dias de hoje.

Falar com um especialista no assunto – contratar os serviços de consultoria de uma boa empresa ou de um consultor autônomo que tenha muita competência e experiência na área. Pode até ser caro, mais vale a pena, já que um bom consultor faz toda a diferença nesse processo de organização e planejamento. Pesquise nos jornais e na web sobre este tipo de serviço.

Dicas para quem quer fazer um Planejamento Financeiro para sua empresa:

  • Jamais trace objetivos pensando no lucro bruto;
  • Tenha atenção com os custos fixos de sua empresa. Faça um planejamento de forma a diminuí-los ou pelo menos tente os manter em equilíbrio;
  • Nunca faça a compra de máquinas para sua empresa sem fazer uma boa pesquisa de mercado e saber qual é a demanda para seu produto;
  • Só faça a compra do espaço que você aluga para trabalhar depois que sua empresa ficar sólida;
  • Não financie seu cliente. Deixe essa tarefa para o fornecedor;
  • Verifique quais são os juros que você está pagando. Não jogue seu dinheiro fora;
  • Faça uma projeção de seu fluxo de caixa semanal, mensal e anual.

É preciso que você compreenda que um Planejamento Financeiro bem feito engloba seus objetivos com disciplina e organização. E essa tarefa é um tanto árdua, já que nem tudo que queremos pode ser realizado em curto espaço de tempo. A proposta do nosso blog é lhe ajudar nisso.

Por Danielle Batista

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print