Por que não consigo arrumar emprego?

A busca por uma colocação no mercado de trabalho é uma luta muitas vezes bem pesada para a maioria das pessoas que tentam de diferentes maneiras conseguir uma forma de atuar profissionalmente, mas não alcançam sucesso. Neste caso surge o grande questionamento: por que não consigo arrumar emprego?

Responder a esta perguntar não é algo fácil e nem mesmo pronto com uma única possibilidade, pois depende de uma série de fatores relacionados não apenas com o profissional em questão como também com a área na qual ele atua e o mercado em que está buscando se inserir.

Se você está em uma situação como esta de não conseguir arrumar um trabalho mesmo com tantas buscas e ações variadas vamos mostrar em seguida neste artigo as principais questões relacionadas com esta situação.

Qualificações a atualização profissionais

O primeiro ponto relacionado com a dificuldade em obter uma vaga de forma rápida no mercado profissional está voltada ao aspecto de suas qualificações e atualizações no ramo em que pretende trabalhar.

Neste caso se faz necessário que você enquanto profissional possua uma boa qualificação com cursos profissionalizantes, graduação e pós-graduação no ramo em que vai atuar porque desta forma é possível mostrar a sua capacidade e conhecimento técnico-científico.

Mas, além disso, é necessário ainda que o seu saber adquirido em suas qualificações seja atualizado de acordo com as principais novidades do ramo por meio de atualizações constantes que podem ser feitas por cursos, oficinas, capacitações, extensão e aperfeiçoamento, dentre outras possibilidades.

Contar com um currículo que demonstre a sua capacidade e conhecimentos adequados adquiridos, no entanto, não é por si só a garantia de uma vaga no mercado de trabalho porque é preciso que você busque colocações adequadas ao seu saber não querendo cargos que sejam inferiores à sua qualificação porque isto demonstra a pouca eficiência dos seus saberes.

Além disso, é necessário mostrar que todas as noções, técnicas e atualizações feitas foram efetivamente aprendidas e que você sabe realmente do assunto que se trata porque a simples presença de diplomas sem a prova de que você conhece daquilo que está falando ou abordando não vai se transformar no emprego tão desejado.

Experiência Profissional

Uma das questões que sem sombra de dúvidas levam à perda de uma possibilidade de emprego por centenas de pessoas se refere à falta de experiência porque em muitas situações o ramo ou empresa na qual você pretende atuar pede pelo menos algum tempo de atuação profissional em sua área.

Esta exigência se torna um problema para pessoas que são recém-formadas e que não tiveram ainda nenhuma oportunidade de trabalho, mas neste caso uma boa opção se refere a realizar ainda durante o curso de graduação ou então logo após o seu término estágio e serviços como voluntário.

Com isso mesmo que você ganhe pouco ou então nada do ponto de vista financeiro você poderá ao buscar o emprego pretendido contar com alguma informação de que já atuou em seu ramo evitando perder uma vaga de trabalho por falta de experiência.

Conhecimentos práticos

Relacionado à questão da experiência, mas não intimamente ligado está a situação de mostrar que conta além de conhecimentos teóricos e conceituais com os saberes práticos exigidos para atuar em determinada área do mercado.

Pode ser que em uma primeira análise pareça praticamente óbvia a união entre os dois tipos de saberes, mas isto muitas vezes não acontece sendo que um profissional sabe tudo no aspecto teórico e quando é colocado para praticar os saberes que possui não se sai muito bem.

Nesta situação é preciso antes de buscar um trabalho de forma efetiva ter a certeza de que possui as habilidades técnicas e práticas necessárias pela empresa na qual você pretende atuar e os aspectos nos quais você não é tão eficaz faça treinos constantes e rotineiros para chegar à perfeição desejada.

Não apresentar arrogância

No processo de busca por uma colocação no mercado de trabalho é de grande relevância se apresentar e demonstrar humildade no trato com os responsáveis pela empresa ou pelo recrutamento que irá escolher o novo funcionário.

Neste caso profissionais que se apresentam de maneira arrogante considerando que são as pessoas mais qualificadas para certo cargo estando inclusive bem acima do que a vaga oferecida exige não são bem vistos.

Isto se justifica porque mesmo que você conte com um grande currículo é preciso mostrar uma postura sábia na qual sempre existe algo que pode ser aprendido e que a reciclagem com atualizações é uma constante que deverá ser seguida por toda a vida.

Com isso, pessoas mesmo com elevados níveis de conhecimentos teóricos e práticos podem não conseguir obter o trabalho que pretende por serem confiantes demais em seu potencial e qualidades apresentadas.

Isto quer dizer que é preciso entrar para uma entrevista ou abordar os responsáveis por um processo seletivo para a escolha de bagas de maneira cabisbaixa e submissa. Não! É preciso mostrar o seu valor e referências que o qualificam para o cargo, mas mostrando que pode aprender mais com esta oportunidade apesar dos saberes que já possui.

Networking ineficiente

As relações entre as pessoas e profissionais estão se tornando a cada dia que passa sempre mais importantes podendo ser inclusive determinantes para conseguir ou não uma vaga de emprego.

Com relação a este assunto muitas vezes a não obtenção de um trabalho está ligada ao isolamento de atuação que determinado profissional possui sem a presença de uma boa networking que sirva como referência para novos vôos em sua área de trabalho.

A networking de maneira básica consiste na rede de relacionamentos profissionais que determinada pessoa possui conhecendo alguém, tendo relação com certa empresa, estando em ligação com variados tipos de organizações profissionais.

Estas ligações variadas são relevantes não apenas para que você se torne conhecido (a) no ramo específico em que atua bem como pode ser utilizado como um trampolim para novas obtenções profissionais já que a sua networking pode te indicar para um trabalho ou ser relevante na sua escolha em um processo de seleção.

Comportamentos na solicitação de emprego

Os comportamentos demonstrados em todo o processo de solicitação e busca por emprego é determinante em muitas situações pelo não que se recebe das empresas porque é preciso que tanto presencialmente como por meio de e-mails e da internet que o candidato se mostre equilibrado emocionalmente.

Mesmo que você esteja há um bom tempo desempregado e já esteja entrando em desespero não mostre estes sentimentos ao falar com um recrutador de forma pessoa nem mesmo mande mensagens por e-mail quase implorando a vaga.

Isto se justifica porque os responsáveis pela seleção em determinado local de trabalho não vai se sensibilizar com o seu desespero e vai te contratar. Pelo contrário! Estas atitudes irão mostrar para ele que você não possui um bom equilíbrio interno que pode se manifestar de maneira negativa em sua atuação profissional e com isso irá escolher outro candidato.

Por isso, ser centrado, conciso, elegante, calmo e totalmente equilibrado são características essenciais em qualquer abordagem de profissionais no processo de escolha de um trabalho sendo determinante para o sim ou o não que você irá receber.

Portanto, com as abordagens mostradas fica claro que existem diversas formas e justificativas relacionadas para quem se pergunta por que não consigo arrumar emprego sendo que o cuidado com situações simples podem auxiliar a evitar estes problemas e proporcionar o trabalho tão desejado.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print