Posso ganhar dinheiro upando arquivos?

Estava lendo alguns outros fóruns e blogs sobre ganhar dinheiro, internet marketing e temas análogos, quando me deparei com uma pergunta de um leitor bem interessante: Posso ganhar dinheiro upando arquivos?


(Caso alguém não tenha entendido, por “upar arquivos” ele quer dizer “subir arquivos” ou “efetuar upload de arquivos”)


Para entender se é possível ganhar dinheiro subindo arquivos, é preciso lembrar do básico sobre qualquer modelo de negócio (e sim, vou repetir “até a morte” que toda forma de ganhar dinheiro deve ser fundamentada como um modelo de negócio viável, caso contrário, por mais que você ganhe dinheiro com isso por um ou dois dias, em breve tal fonte esgotará). Todo negócio deve:


1. Atender as necessidades de algum público;


2. Ter uma forma clara de rentabilização, “por onde o dinheiro entra”;


3. Um plano claro de execução e divulgação do mesmo.


Enfim, se você tem uma boa ideia que pode atender as necessidades de um público, mas não souber como executá-lo ou divulgá-lo, terá um problema severo para conseguir ganhar dinheiro com o mesmo. Assim sendo, se você quer ganhar dinheiro por meio do upload de arquivos, deve primeiro perguntar-se que tipo de necessidades de um público serão atendidas, como irá ganhar dinheiro com isso e como executará e promoverá seu intento.


Subindo arquivo para sites de compartilhamento de arquivos


Se você quer ganhar dinheiro subindo arquivos para sites de terceiros, o melhor caminho será por meio de sites de compartilhamento de arquivos que pagam por cada visitante que baixar seu arquivo. Não colocarei links aqui para tais websites, mas basta fazer uma busca no Google por “earn per download” e você encontrará listas de tais websites, ok?


Não tente trabalhar com todos os websites que encontrar, filtre os dois ou três mais promissores e “cole” neles.


Sites encurtadores de links


Depois que você tiver selecionado sites para subir seus arquivos, o próximo passo é procurar encurtadores de links que paguem por visitas ao mesmo, assim, você pode encurtar os links gerados nos sites de compartilhamento e ganhar dinheiro de dois lugares. Tal passo não é obrigatório, mas será mais uma forma de ganhar dinheiro. Assim, os links que você compartilhará mais tarde serão estes gerados pelos encurtadores.


E quanto a sites de pesquisa e outros?


Odeio sites de pesquisa. Sejamos sinceros: toda vez que você clica em um link para baixar um arquivo e o mesmo o leva primeiro para um site onde você precisa escolher uma de várias pesquisas ou tarefas (por exemplo, instalar uma barra de ferramentas), você não desiste de baixar por ali? Eu desisto. Se a pessoa desistir nesse ponto inicial, você não ganhará dinheiro da pesquisa, nem do encurtador de links e nem do arquivo compartilhado. Terá ganhado zero! Para que então arriscar com algo que é muito intrusivo, causa uma má experiência ao usuário e que provavelmente levará seu modelo de negócio à falência?


Então, sem sites de pesquisa ou outros pedindo para que instalemos qualquer coisa no computador, ok?


E onde divulgar tais links?


Muitas redes sociais banem links de encurtadores de links pagos ou de sites de compartilhamento de arquivos, assim sendo, sua melhor aposta é criar um blog gratuito (no Blogger.com, WordPress.com ou Tumblr.com), criar posts no mesmo para cada arquivo compartilhado, incluir nos mesmos os links encurtados e divulgar nas redes sociais somente os links para posts em seu blog. Além de conseguir divulgar nas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram etc.) dessa forma, “de quebra”, seus posts podem ganhar alguma posição nos motores de busca, gerando assim mais algumas visitas extra ao longo do caminho.


E quais arquivos compartilhar?


Aqui está um ponto polêmico! O correto, o ético, é compartilhar somente arquivos criados por você ou que tenham distribuição livre (os chamados freeware). Se feito dessa forma, você estará totalmente coberto e protegido por lei.


Entretanto, como todos nós sabemos, a maior parte da busca por arquivos para download na web são por arquivos com copyright protegido (filmes, jogos, aplicativos etc.) e aí muitas pessoas arriscam-se a empregar tal modelo de negócio com esses tipos de arquivos. O problema é que a qualquer momento seus arquivos podem ser marcados como impróprios ou ilegais, serão todos deletados, sua conta será banida e você não receberá o dinheiro que lá estiver retido!


Assim sendo, aconselho a compartilhar arquivos de sua criação ou que sejam freewares. Mas caso queira seguir pelo “lado negro da força”, aí é já contigo, o recado já foi dado!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print