Quer aumentar seu dinheiro em 20%?

Olá amigo! Não importa se você chegou aqui a partir de uma busca na web sobre como aumentar seu dinheiro, recebendo meu artigo por e-mail ou viu uma mensagem em alguma rede social, se decidiu ler este artigo, é por que você ficou curioso sobre como aumentar seu dinheiro em 20%. E, claro, não fiz tanto alarde para não explicar o mesmo!

Se você já é leitor de nosso blog (se não for, fique à vontade para posteriormente ler outros artigos), sabe que o tripé para o sucesso financeiro (seja lá qual for a sua meta) é “gastar menos, ganhar mais e investir melhor”. E este artigo, claro, não foge desse princípio! Mas antes que você saia daqui irritado, pensando que não aprenderá nada novo (e que é “humanamente impossível” fazer isso), deixe-me explicar que meu foco aqui é mostrar-lhe que é possível, sim, por tal princípio e conseguir resultados incríveis em menos de um mês!

Como disse, três fatores são importantes para alcançar sua meta financeira (neste caso aqui, aumentar em 20% a quantia mensal que terá em seu bolso), então vou apontar coisas simples que você pode fazer com para atingir cada componente.

Gastar menos

“Você já falou várias vezes em seu blog sobre isso!”. Sim, mas você pôs em prática? Muitas pessoas reclamam, dizendo que “é impossível gastarem menos”. Será? Veja algumas coisas que você pode começar a fazer hoje mesmo para gastar menos sem prejuízos para a sua vida:

1. Evitar desperdícios em suas contas

Além de o planeta todo agradecer-lhe pelo seu ato de cidadania ao reduzir desperdícios de água e eletricidade, tal redução impactará positivamente seu bolso, uma vez que:

  • Com a nova tarifação da conta de energia elétrica, cada KW economizado pode significar uma boa economia em dinheiro ao longo do ano;
  • Reduzindo-se desperdício de água reduz-se tanto as tarifas em relação ao abastecimento de água e da rede de esgoto;
  • Reduzir gastos com contas telefônicas (telefonia fixa e móvel) ajudará a sobrar alguns trocados, ter créditos no celular quando você precisar (no caso de seu celular ser pré-pago) e ajuda a não deixar mais ricas certas operadores telefônicas que cometem certos abusos – eu já disse aqui que uma certa operadora (não vou dizer o nome dela porque é deselegante, mas acho que eles ouvem “Tim Maia!”) cancelou o plano de minha esposa alegando que ela não pagou uma fatura de R$ 0,00? Isso mesmo, zero reais! A fatura já estava paga porque acidentalmente pagamos duas vezes a fatura dela no mês anterior, avisaram-nos que o sistema consideraria automaticamente a fatura do mês seguinte como paga e realmente ela veio zerada, mas sem código de barra para pagar (claro, estava zerada), mas como “não pagamos a conta” o plano foi cancelado automaticamente. O pessoal do atendimento reativou seu plano, mas até hoje ela recebe pelos menos três mensagens por semana dizendo que ela não pagou o plano – estamos esperando que cancelem outra vez para irmos ao Procon.

Foque também em reduzir desperdícios na alimentação, por exemplo, não deixando os alimentos estragarem e optando por opções mais econômicas. E se você está planejando mudar-se de moradia (e paga aluguel), pense em procurar uma casa ou apartamento menor, que exigirá menos gastos não somente no aluguel mas também na manutenção da mesma. Muitas vezes, alugamos imóveis maiores do que realmente precisamos, simplesmente porque acumulamos muitas “lembranças”. Se você tem muitas lembranças que não olha mais e não tem saudades delas, então não são lembranças: você está acumulando lixo, mesmo. Está na hora de livrar-se dessas coisas.

2. Mude seus hábitos de consumo

Outro passo na redução das despesas é ter uma vida mais frugal, isto é, ter hábitos mais moderados, econômicos. Todos nós gostamos de assistir filmes no cinema, mas precisamos assistir realmente a cada lançamento só por que é “do gênero que eu gosto”? Tenho certeza de que há vários filmes “do gênero que você gosta” mas que você ainda não assistiu, então por que não começa por alugar mais filmes e ir menos ao cinema? Aliás, se puder ter uma assinatura de streaming online para assistir em casa, poderá economizar ainda mais.

Gastos com alimentação e aluguel da moradia consomem a maior fatia do salário das pessoas, seguidos pelas despesas com transporte, roupas e lazer. Faça uma autoavaliação e pense como reduzir pelo menos 10% de seus gastos e ponha em prática. Nos primeiros 15 dias será um pouco frustrante – e nos outros 15 dias também! Mas quando fechar o mês e você perceber que sobrou mais dinheiro do que o habitual, verá que valeu a pena.

Repito: concentre-se em gastar 10% menos! Vamos ao próximo item.

Ganhar mais

Este passo geralmente dá um pouco mais de trabalho do que o anterior, principalmente quando você já possui um emprego com jornada semanal de 40 horas ou mais e não lhe sobra muito tempo. Mesmo assim, não está tudo perdido!

Se você não possui uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, claro que a melhor coisa a ser feita é complementá-la com um segundo trabalho – e nesse ponto, se você quer mesmo que mais dinheiro em seu bolso, é melhor arregaçar as mangas e procurar todos os tipos de oportunidades. Agora, caso você já tenha uma jornada de 40 horas semanais, então uma boa opção é procurar complementar a sua renda com algum tipo de atividade extra que possa fazer online.

Caso você tenha um bom domínio da língua inglesa (e eu já falei várias vezes aqui que aprender a língua inglesa é um ótimo investimento!), pode optar pelo Fiverr para executar microjobs (pequenos trabalhos pelos quais você cobra o valor de cinco dólares ou mais). Além dele, há o ODesk, Freelancer, IWriter e outros websites onde você pode ganhar algum dinheiro. Agora, a má notícia: dei uma olhada pela web e os serviços que eu conhecia para portugueses e brasileiros não falantes da língua inglesa fecharam as portas. Isso não quer dizer que não há oportunidades em língua portuguesa, entretanto você precisará garimpar um pouco mais a web para  encontrar.

Uma boa notícia é que é provável que nos próximos meses o Clube do Dinheiro volte a contratar alguns pequenos trabalhos (microjobs), como o fazíamos alguns anos atrás, entretanto serão trabalhos esporádicos, então o melhor a fazer é não ficar esperando por trabalhos de um lugar só (e não adianta enviar e-mail perguntando, pois só será comentado mais sobre isso quando estivermos prontos para tal)!

Resumindo: concentre-se em ganhar 10% mais! Apesar de este ponto dar mais trabalho para ser executado do que o anterior, você também deve alcançar êxito no mesmo.

Fazendo as contas

Se você gastar 10% menos e ganhar 10% mais, apesar de só estar entrando em seu bolso mais 10%, o fato de ter reduzido suas contas fará com que o dinheiro pareça ter rendido mais ainda!

Por exemplo, se você ganha R$ 1.000,00 e gasta R$ 1.000,00, sua renda corresponde a 100% de suas necessidades, mas quando você passa a gastar R$ 900,00 e começa a ganhar R$ 1.100,00, sua renda passa a corresponder a 122,2% de suas necessidades. Em outras palavras, você pode adquirir 22,2% a mais de bens e serviços.

Nesse ponto, muitos dos que estavam lendo este texto já desistiram, pois insistem em dizer para si mesmo que “gastar menos é impossível” ou que “não quer morrer de fome só para juntar alguns trocados”. Entenda que o que fazemos aqui é buscando atingir uma meta financeira e essa meta em sua vida pode ser quitar mais rapidamente o financiamento do carro ou da casa, economizar para a faculdade dos filhos ou mesmo poupar para a viagem de férias. Tenha em mente qual é a sua meta e fará muito mais sentido por em prática o que estamos ensinando aqui!

E quanto ao investir melhor?

Se você é um leitor atento, percebeu que não falamos do terceiro componente de nosso princípio. Isso porque, se você desejar aumentar o dinheiro em seu bolso, provavelmente quer um retorno rápido (em menos de seis meses, por exemplo), e geralmente investimentos tomam mais tempo do que isso para serem realmente rentáveis. Claro, se a sua meta possui um prazo de três anos ou maior, então é imprescindível considerar também a importância de investir melhor, mas deixaremos isso para discutir em outra hora!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print