Técnicas de marketing

Seu negócio está começando a andar, mas você sente que pode fazer um pouco mais por ele para que sua divulgação seja realmente efetiva, não é? Claro, não é possível ganhar dinheiro na Internet se ninguém conhece seu produto e é aqui que entramos com as técnicas de marketing!

Há diversos tipos de marketing, indo desde o marketing direto, onde você precisa contatar diretamente os potenciais consumidores, aos vários tipos de webmarketing, onde o foco é o emprego da web como meio de reduzir custos e atrasos e atingir grandes públicos.

No nosso caso, as técnicas de webmarketing são as melhores, já que estamos falando sobre como ganhar dinheiro na Internet. Escolhemos assim as técnicas mais empregadas na web, o que não significa que você deve empregar todas elas, pelo contrário, algumas delas serão mais eficientes para determinados tipos de negócios que outras, cabendo a você experimentá-las e traçar um bom planejamento baseado naquelas em que conseguir melhores resultados.

Email marketing

Email marketing, como o próprio nome diz, trata-se do emprego do envio de emails como forma de contatar possíveis consumidores.

Muitas pessoas acreditam que este tipo de marketing não funciona, mas estão enganadas: o que não funciona é a abordagem errada escolhida muitas vezes por profissionais que ignoram a ética e vão além dos limites.

Um exemplo de excelente emprego do email marketing é quanto à divulgação de promoções em grandes lojas virtuais, como o fazem a Americanas, Extra, Submarino e Compra Fácil. Além das lojas virtuais, também os blogs e websites em geral têm se beneficiado com a criação de newsletters notificando as novidades no blog/site.

Por outro lado, vemos o uso indiscriminado do envio de emails por parte de alguns, o que é caracterizado como spamming. Isso é irritante e não entendo como alguém possa conseguir dinheiro enviando emails indesejados.

Os ingredientes para um bom email marketing são:

  • Uma mail list com todas as pessoas interessadas em seus produtos e/ou serviços. Veja só, interessadas, isto é, elas escolheram entrar nessa mail list por considerarem seu produto/serviço útil, não porque alguém incluiu o email delas em uma spam mail list e lhe vendeu! Jamais compre listas de email – além de irritar o seu potencial consumidor, você estará queimando a imagem de seu empreendimento. A melhor forma de criar sua mail list é por meio de algum formulário que o usuário possa preencher em seu blog/website a fim de receber novidades do mesmo;
  • Frequência de envio de emails. Ninguém quer ter sua caixa de entrada de entupida de emails de propaganda. Use email marketing com bom senso, enviando no máximo dois emails por semana;
  • Formatação da mensagem de email. Observe bem a formatação bem como o conteúdo das mensagens que envia, pois é isso que levará o usuário a escolher ir ao seu website e conferir de perto ou não. A primeira coisa que deve atraí-lo é o assunto do e-mail, logo depois, a organização das informações na mensagem, clara o suficiente para que ele possa entender do que se trata e as vantagens disso.

Search Engine marketing (SEM)

O próximo tipo de marketing é baseado no potencial de angariar novos visitantes por meio dos motores de busca, técnica esta conhecida como search engine marketing.

Basicamente, a SEM busca empregar adequadamente os conceitos de SEO como um meio de conseguir novos visitantes, sendo assim, todas aquelas técnicas de SEO e recomendações que fizemos entram aqui, então para não perdermos tempo repetindo tudo outra vez, republicarei os links para os artigos:

Técnicas de SEO – parte 1

Técnicas de SEO – parte 2

Técnicas de SEO – parte 3

Técnicas de SEO – parte 4

Affiliate marketing

Esta é mais uma forma de marketing bastante interessante e que, se bem empregada, pode trazer bastante lucro.

O affiliate marketing, ou marketing de afiliados, como é conhecido no Brasil, trata-se do emprego de outras pessoas ou empresas (chamados afiliados) para a divulgação de seus produtos, sendo que estas recebem como benefício uma comissão, isto é, um valor fixo ou percentual em relação à cada venda conquistada graças aos seus esforços.

Affiliate marketing é, assim, uma abordagem do tipo “ganha-ganha-ganha”, onde a empresa, o afiliado e o cliente saem ganhando. O maior problema é que algumas empresas “empreendem” affiliate marketing mas não pagam seus afiliados pelos seus esforços e vendas conquistadas, prejudicando e muito a imagem desse tipo de estratégia.

Se decidir empreender tal tipo de marketing, é melhor não tentar enganar seus afiliados, você pode ter sérios problemas mais tarde! Mantenha desde o início bem claras as condições de pagamento, quando se constitui uma venda feita por um determinado afiliado, etc.

Article marketing

O próximo tipo de marketing é o article marketing, isto é, marketing por meio de artigos.

Como nós sabemos, sites e blogs necessitam de muito conteúdo e há sites especializados em disponibilização de artigos gratuitos que qualquer um pode republicar (desde que mantendo as referências de direitos autorais). Tais sites são conhecidos como diretórios de artigos.

A principal estratégia aqui é a publicação de artigos em vários diretórios de artigos a fim de que muitas pessoas tenham contato con tais artigos e, possivelmente, sejam republicados, espalhando-se ainda mais pela web.

Essa estratégia pode favorecê-lo não somente pelos potenciais clientes que lerem o artigo e chegarem até o seu website, mas também por possíveis vantagens que o SEO pode lhe oferecer, já que você poderá estar conseguindo mais backlinks para o seu website.

Dois grandes diretórios de artigos são o E-Zine Articles e o Article Dashboard, mas você pode encontrar muitos outros procurando no Google Search por article directory ou diretório de artigos.

Lembre-se de ler atentamente as regras para submissão de artigos de cada diretório para evitar problemas posteriormente.

Ad marketing

O próximo meio de divulgar seu negócio é por meio de ad marketing, isto é, marketing por meio de anúncios.

Aqui, há dois meios para conseguir seu negócio divulgado:

  • Aquisição de publicidade diretamente com um website ou blog, o que pode lhe beneficiar por conseguir melhores preços, entretanto pode ser muito mais complicado conseguir mensurar os resultados das campanhas;
  • Aquisição de publicidade por meio de uma intermediária, onde você não negocia diretamente com o site em que aparecerá a publicidade, mas sim com uma empresa responsável por todo o controle de exibição de publicidades. Geralmente você conseguirá mais informações sobre os resultados da campanha e pode expor facilmente em vários websites diferentes, entretanto o custo poderá (e geralmente será) maior. Google, por exemplo, possui o programa Adwords, onde você escolhe quais palavras-chave são interessantes para o seu negócio e seu anúncio aparecerá somente em páginas relacionadas com aquelas palavras-chave, conseguindo assim um público mais interessado em seu anúncio. Claro, Google não está sozinha nisso, havendo várias outras, como o UOL, Yahoo, HotWords, AdBrite e vários outros.

Acredito que você deveria experimentar ambos os meios, só assim saberá qual o melhor para o seu negócio (só tome cuidado para não estourar seu orçamento!).

Blog marketing

E por último, mas em minha opinião o mais importante, o blog marketing! Blog marketing trata-se do marketing por meio da criação e atualização de um blog onde você comenta as atividades de sua empresa, seus produtos e serviços e outros assuntos relacionados, atraindo assim pessoas realmente interessadas.

Já não é de hoje que se discute a importância de haver um blog associado ao seu negócio, mesmo que você não tenha o interesse de ser blogger!

Ultimamente, motores de busca têm dado certa preferência a blogs e websites que são atualizados com boa frequência, então a adoção de um blog pode ajudá-lo a conquistar uma boa visibilidade e ser o pontapé inicial para a sua estratégia de SEM, sendo seguida por article marketing a fim de conquistar mais espaço e pontos de SEO.

__________________________________________________

Como disse, estas não são as únicas estratégias de webmarketing, mas algumas das mais importantes! Em outra oportunidade, falaremos mais sobre elas, mas por agora, acredito que conseguimos terminar o nosso curso Como ganhar dinheiro na Internet com chave de ouro, tendo uma visão geral das principais estratégias de marketing que deveriam fazer parte de seu plano de marketing que, ao lado de seu plano de negócios, o ajudará a construir um empreendimento de sucesso e que lhe garantirá muito dinheiro! 🙂

[Este artigo faz parte de uma série de artigos que compõe o minicurso Como Ganhar Dinheiro na Internet]

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

3 comments

  1. Newton Junior says:

    Bom, primeiro parabéns pela iniciativa, esta realmente ajudando muitas pessoas incluindo a mim. Após estudar os 15 capitulos do curso decidi começar um antigo projeto que é ter um site ou dois de conteúdo técnico e ser uma referencia em informações neste assuntos, pois tenho bastante experiencia para dividir. porém algumas dúvidas ficaram. O que será melhor para meu tipo de negócio, site, blog ou uma combinação dos dois? Contratar um wegdesigner ou tentar fazer sozinho? Abrir uma .com ou uma .com.br? Desde já agradeço se puder me da uma luz.

    Grande abraço,
    Newton

  2. admin says:

    Olá Newton, tudo bem? Fico feliz que tenha gostado de nosso curso. 🙂

    Bem, agora vamos às suas dúvidas, ok?

    O que determinará se você deve ter um site, um blog ou uma combinação destes e outros (galerias de fotos, loja virtual, fórum, sistema de cursos online, seção de downloads, ferramentas online, etc.) é o tipo de negócio que você está visando e o que você espera que seja esse seu negócio.

    Agora, uma verdade é certa: o Google Search (o maior mecanismo de busca no momento – e perdurará assim por muito tempo) ama blogs, o que me leva a dizer que mesmo que você não queira “só um blog”, você deveria pensar em ter um blog junto.

    Você pode ter um website e criar o blog como parte do mesmo em um subdiretório, fazendo com que o jogador tenha ele como “totalmente parte do site” ou criar em um subdomínio formando assim um “subproduto daquela mesma marca”, a decisão é sua, mas com certeza, em seu lugar, não descartaria a hipótese de ter um blog.

    Além disso, se você conseguir gerenciar muito bem, um fórum de discussão pode ajudá-lo a reunir e movimentar as discussões dos seus usuários (e potenciais clientes) em um lugar só. Mas devo alertar que a curto prazo a estratégia baseada em blogs é bem mais eficiente que a estratégia baseada em fóruns de discussão!

    Quanto a contratar um webdesigner ou fazer tudo sozinho, depende do nível de profissionalismo que você deseja, bem como as ferramentas que você empregará. Por exemplo, vamos supor que você está cuidando de seu blog na plataforma WordPress. Você pode encontrar facilmente inúmeros templates na web, aplicar um deles e ir adaptando aos poucos segundo as suas necessidades.

    Entretanto, se seus conhecimentos nesse tipo de tarefa forem bastante limitados ou você deseja ter um visual bem diferente do que há por aí, ou em alguma plataforma onde você não consegue conteúdo tão facilmente, pode ser interessante dispor de um webdesigner para tal.

    Quanto ao domínio do site, a escolha dependerá de qual é o seu mercado e como você espera ser lembrado. No Brasil, a gigantesca maioria das pessoas memoriza todos os endereços como sendo “.com.br”, de tal forma que esse tipo de terminação pode lhe ser mais interessante. Entretanto, se você pretende construir um site visitado por pessoas não só do Brasil, mas de outros países, como o Portugal, então o “ter ou não ter .br” perde um pouco o sentido.
    Eu o aconselharia a primeiro buscar o endereço “.com.br” e, caso não consiga, tentar um “.com”.

    Espero que você tenha analisado bem tudo e feito o plano de negócios – não o subestime, ele será o mais importante aliado nesse seu novo empreendimento!

    No mais, estou enviando-lhe um email para dizer que já publiquei o seu comentário, bem como respondi o mesmo. Se tiver mais alguma dúvida, pode entrar em contato por meio daquele email mesmo, ok?

  3. Newton Junior says:

    Christiano,

    Obrigado pela ajuda. Já estou trabalhando no plano de negócios o que realmente esta me dando mais visibilidade ao negócio.

    Obrigado,
    Newton

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print