Tendências no Macro-Ambiente

O planejamento estratégico em tempos de hiper-modernidade

O planejamento estratégico dentro de uma empresa está relacionado à análise de planos de ação, avaliando todas as condições internas e externas para sua execução. Desta forma podemos entender porque é uma ferramenta tão importante nestes tempos de hiper-modernidade.

Aumenta cada vez mais a quantidade de organizações que buscam novas técnicas de auxílio no gerenciamento do negócio para aumentar as chances de sucesso nas organizações. Assim, o planejamento estratégico destaca-se como a ferramenta mais utilizada atualmente para evitar possíveis problemas dentro da empresa. Isso porque ele pode ser utilizado em qualquer negócio, independente de que o porte seja pequeno, médio ou grande. Mas como utilizá-lo?

Primeiro vamos recordar o que significa planejamento. É a analise das decisões que serão tomadas a respeito dos recursos disponíveis para chegar a um objetivo, através de uma visão ampla de toda a organização. A importância desse processo decisório dentro de uma empresa deve-se a definição de caminhos e estratégias que deverão ser tomados, evitando possíveis fracassos e desperdícios no meio do caminho.

O planejamento estratégico parte deste princípio e se integra as estratégias que podem utilizadas a fim de melhorar ainda mais o desempenho dos projetos da empresa. A ideia principal é que se você sabe onde “estará pisando”, é muito mais fácil caminhar de forma serena e não cair em nenhum buraco.

Junto a este planejamento, também conhecido simplesmente por PE, a análise de forças e fraquezas, oportunidades e ameaças ajuda com que as decisões tomadas sejam as mais corretas possíveis. Assim, avaliar o seu ambiente externo, como a política, economia, sociedade e tecnologia, ajuda você a descobrir suas ameaças e oportunidades, e avaliar os fatores internos de sua empresa define seus pontos fortes e fracos diante do mercado.

É com base nos dados coletados nessa análise que é possível realizar um planejamento estratégico coerente e promissor. Desta forma, as necessidades de um planejamento estratégico dentro de uma empresa dependerão fortemente das oportunidades e ameaças que existem para esta. Se não houver oportunidades viáveis ou ameaças reais, não existe muita lógica em fazer um planejamento estratégico porque não existe um objetivo a ser alcançado.

Portanto a sequência correta é a seguinte: identificar suas oportunidades e ameaças juntamente com suas forças e fraquezas, definir um planejamento estratégico que vise aproveitar as oportunidades e minimizar as ameaças e aumentar significativamente as chances de sua empresa ter muito sucesso.

Tendências Econômicas Recentes

Atualmente o Brasil possui uma política econômica que está em constante crescimento, com a ajuda de diversas instituições financeiras que oferecem oportunidades de créditos a empresários. Além disso, estamos diante de uma geração empreendedora que está repleta de visão de novos negócios, ao mesmo tempo em que existe uma sociedade consumista pronta para experimentar tudo de novo e bom que possam te oferecer.

Se observarmos um pouco, vemos que uma das maiores tendências do momento é o comércio eletrônico, ou seja, a criação de lojas virtuais que vendem produtos e serviços pela internet. Através dessa tendência, surgiu recentemente uma “nova moda”, que são os sites de compra coletiva.

Esses sites oferecem vantagens às empresas de todos os ramos, seja em venda de produtos ou serviços, embora a venda de serviços esteja sendo muito maior do que a de produtos ainda. A idéia funciona da seguinte forma: vender uma maior quantidade de produtos ou serviços por um valor menor. Sim, se você vende o seu serviço a R$100,00 para uma pessoa, neste tipo de comércio você venderá ele até por R$40,00 a um número mínimo de 50 pessoas talvez. Mas vale a pena investir nessa nova tendência?

É aqui que entra o planejamento estratégico. Muitas empresas acham que porque todos estão aproveitando essa nova tendência, também devem aproveitar para não ficar de fora, mas existe um erro muito grande ao pensar assim, pois antes de iniciar uma campanha coletiva é preciso analisar dados e valores importantes para sua empresa. Se o valor do serviço oferecido já é um valor baixo e você pretende diminui-lo ainda mais, pode haver grandes prejuízos. Para quem já pratica uma política de preços razoável, é interessante aumentar a quantidade diminuindo os valores. Cada caso é um caso, por isso que o planejamento é muito importante.

É válido lembrar também que além de ganhar em quantidade, a ideia é atrair novos clientes para a empresa, então se não houver um bom atendimento não existe razão para a organização praticar esse tipo de venda.

Assim como esta, diversas tendências surgem diariamente no Brasil e no mundo, mas nem sempre todas serão viáveis para sua empresa. Se houver a prática da gestão empresarial e a utilização de um bom planejamento estratégico, com certeza não haverá erros em suas decisões. Então procure dedicar um pouco mais de tempo entendendo sobre a gestão de sua empresa porque com certeza você ficará orgulhoso de si mesmo com os resultados obtidos.

Por Jeniffer Silva

[Este artigo faz parte de uma série de artigos que compõem o curso de gestão empresarial]

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print