Trabalhando em casa: você sabe “vender o seu peixe”?

Olá a todos os amigos do Clube do Dinheiro! Já comentamos aqui em outras oportunidades sobre a importância do marketing pessoal para todos aqueles que trabalham em prestação de serviços (consultoria, desenvolvimento de software etc.), mas talvez não tenha ficado suficientemente clara tal relevância principalmente dentre aqueles que trabalham em casa, a partir de seu home office.


É, talvez você até “torça o nariz”, pois tudo o que você desejava era poder trabalhar em paz, de sua casa, recebendo propostas de trabalho e cumprindo-as. Mas simplesmente sentar e esperar que elas cheguem até você não será suficiente, você vai precisar planejar e executar sua estratégia de marketing pessoal, “vender o seu peixe”. E se você não está acostumado a isso, talvez não seja fácil da primeira vez – mas conforme for conquistando os frutos advindos de tal autopromoção, você se sentirá mais e mais motivado para fazer isso.


E por onde começo? Essa deve ser a pergunta em sua mente, neste exato momento. Comece por fazer uma lista de fóruns, grupos de discussão por e-mail e grupos ou comunidades em redes sociais relacionadas ao seu ramo de atuação. Vamos supor que você é um consultor de carreiras em esportes, então você deve considerar como relevantes todos os grupos, comunidades e fóruns onde possa encontrar possíveis clientes, não? Após construir tal lista, você deve inscrever-se em cada um deles e participar diariamente dos mesmos! Sim, diariamente, isso pode tomar um pouco de tempo na primeira semana, mas depois o fluxo de novidades será menor e você conseguirá filtrar e acompanhar as discussões que o interessam.


E o que devo escrever? Se você quer ser um expert em sua área de atuação, aja como sendo um expert! Sendo assim, tire dúvidas de outros membros do grupo, traga ou discuta notícias de sua área, publique textos de sua autoria explicando temas pertinentes etc. Aos poucos, você ganhará o respeito e admiração daqueles que participam daqueles grupos.


E quando me autopromover? Uma tentação que você deve evitar é a de autopromover-se em cada mensagem. Autopromoção em excesso não terá um impacto positivo para a sua imagem naquele(s) grupo(s). Em vez disso, primeiro contribua com o grupo até alcançar 30 ou 50 mensagens. Depois disso, caso seja permitido, publique uma nova mensagem comentando a respeito de seus serviços e como espera ajudar aqueles que o procurarem. Outra oportunidade é por meio da sua assinatura – em fóruns de discussão e e-mail, é possível configurar uma assinatura contendo uma mensagem textual com um hyperlink. Depois, você pode, vez ou outra, quando encontrar uma oportunidade adequada, comentar sobre os seus serviços em outras postagens que forem bem relevantes – geralmente de alguém justamente precisando de sua ajuda!


Não sou um expert em autopromoção, mas tenho certeza de que estes passos simples vão ajudá-lo a “vender seu peixe” pela web. Você também pode buscar alternativas offline, como escrever artigos ou colunas para revistas em sua área e publicar anúncios em classificados de jornais locais, entre outros. Abra bem os seus olhos e não perca as oportunidades para fortalecer seu marketing pessoal!

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *