Trabalhar em casa – sonho ou pesadelo?

Quem nunca trabalhou em sua própria casa talvez não possa imaginar como é a rotina de uma pessoa que vive dessa forma, como um freelancer, por exemplo. Bem, podemos dizer que não é muito diferente da rotina de quem trabalha em um escritório em uma empresa qualquer – com a diferença, claro, de que não é necessário enfrentar o trânsito a fim de chegar ao ambiente de trabalho. Em contrapartida, quem trabalha em casa pode se sentir muito sozinho em momentos de tomada de decisão. Como saber se estou optando pelo que realmente é bom? Como saber se esta é a melhor forma de proceder em minha loja virtual para que minhas vendas cresçam? E se elas despencarem, o que eu poderei fazer?

Se você acredita que possui muitas preocupações e dores de cabeça quando você trabalha para uma empresa em seu escritório, não espere que elas diminuam caso você deixe seu emprego e passe a trabalhar em casa ou mesmo se convencer o seu chefe a fazer parte de suas tarefas em um home office. Quanto mais independente você for, mais as recompensas (leia-se aqui os ganhos de cada mês) dependerão dos resultados que você conquista.

Prestou bastante atenção? Eu disse “resultados que você conquista” e não ” horas que você passa trabalhando” – e há uma grande diferença entre ambas as expressões, pois poucos são os trabalhos que desempenhamos pela web onde uma coisa é diretamente proporcional à outra. Os resultados dependem muito mais de suas habilidades em analisar problemas, estudar soluções e tomar decisões. Lembre-se disso!

Não se engane com as mentiras contadas por muitos que querem vender-lhe a ideia de que trabalhar em casa é fácil, não exige nenhum esforço e você poderá estar ganhando milhares de reais por dia a partir de semana que vem – se você ler as “letras miúdas” daquelas páginas de vendas, perceberá que eles citam serem aqueles casos de sucesso apontados nas páginas situações atípicas e que nem mesmo podem garantir que você terá sucesso.

Então a verdade é essa: trabalhar em casa não é o sonho idealizado por muitos, trabalhando-se somente seis ou oito horas por semana, ganhando-se uma fortuna e passando metade do ano de férias em alguma praia. Mas também não é nenhum pesadelo. E uma boa oportunidade de trabalho à distância geralmente não “cai do céu”, nós a “construímos” aos poucos, por meio de contatos, conhecimentos e estudando as oportunidades que aparecem de forma bastante tímida e disfarçada.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print