Vendas diretas

Como já foi mencionado aqui em outras oportunidades, a comercialização de bens e produtos representa um fator de peso para a criação de novas oportunidades de negócios. As vendas diretas se tratam de uma oportunidade tão recente assim, entretanto ainda se encontra em ampla expansão para aqueles que desejem aventurar-se nela.

Muitas empresas tem expandido seus negócios às vendas diretas em nosso país, graças ao grande aumento de negociações deste tipo no Brasil. A Associação Brasileira de vendas diretas comemorou o encerramento do ano com um movimento de 20 bilhões de reais, cerca de 14% mais que no ano anterior.

São diversas empresas investindo neste ramo, ramo que antes era dominado por produtos de cuidado pessoal como cosméticos e perfumes hoje está sendo explorado por diversas empresas. Uma importadora de vinhos do interior paulista investe bastante na área e tem prosperado no Brasil.

O sócio da empresa afirma que a expectativa para a empresa esse ano é atingir o número de 300 representantes, aumentar as vendas e conseguir um faturamento de 3 milhões de reais. A empresa hoje distribui mais de 116 rótulos trazidos de diversos países do mundo como, França, Portugal, Itália, Argentina, Chile e muitos outros.

O ramo é interessante, quem tem investido na área não tem reclamado e as expectativas de crescimento tem crescido com os empresários. Para quem deseja investir na área, o dono da empresa a firma que é muito importante investir nos representantes fornecendo material didático e de conhecimento para aumentar as vendas.

E agora, alguns dados publicados pela PEGN que com certeza são do interesse de todos que desejam iniciar tal empreendimento:

  • Investimento de R$ 100.000,00;
    • Equipamento e instalações – R$ 60.000,00;
      • Aluguel do ponto, mobiliário;
      • Estoque;
      • desenvolvimento de embalagem;
      • Móveis de escritório e material didático para aprendizado;
      • Computador com Internet;
    • Capital de giro – R$ 40.000,00;
  • Faturamento médio mensal – R$ 60.000;
  • Funcionários – 3;
    • 1 dono;
    • 2 atendentes
  • Prazo de retorno – 24 meses.

Segundo o sócio, a empresa tem crescido em ritmo acelerado e espera um crescimento maior ainda este ano, onde busca alcançar novos representantes e aumentar as vendas dos vinhos importados. Ele afirma que o ramo é bom e a economia está favorável para a implantação do negócio.

É preciso organizar e administrar bem o capital de giro dos produtos para ter uma maior organização da empresa, além de sempre fornecer material didático aos fornecedores e sempre incentivar o aprendizado na empresa. Isso é super importante no ramo, quanto mais aprendizado tiver, mais chances da empresa ter um grande sucesso no nicho.

Não esqueça de investir na divulgação de sua marca, de seus produtos, pois isso pode garantir o sucesso do empreendimento. Além da divulgação boca a boca é muito importante ter uma boa relação com concorrentes do setor, é essencial ter um bom relacionamento com empresas que atuam no mesmo setor. Use a qualidade de seus produtos e serviços a seu favor e realize pesquisas para identificar o publico alvo de sua empresa.

Luis Carlos Lacê

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *