Você investe em seu próprio negócio?

Há pessoas que reclamam, dizendo que seus empreendimentos não estão rendendo. A elas eu pergunto: você investe em seu próprio negócio? Sim, pois não se pode esperar que o mesmo cresça sem que invista tempo e/ou dinheiro no mesmo!

Em qualquer tipo de empreendimento, três são os recursos fundamentais:

  • Dinheiro – para a aquisição de ferramentas, pagamento de serviços de terceiros, publicidade, compra de matéria-prima, cursos para aperfeiçoamento, etc;
  • Tempo – para tomada de decisões estratégicas, para a execução de atividades gerenciais, para tarefas operacionais, etc;
  • Conhecimento e experiência – seja seu próprio ou por meio da contratação de especialistas.

Os melhores negócios que encontramos por aí, sejam de grandes empresas como a Microsoft e a Apple, sejam de pequenas empresas que focam nas necessidades de novos empreendedores, sempre investem esses três tipos de recursos em seus empreendimentos. E esse investimento não é feito somente no início, não!

Investir é preciso, lucrar também é

Se você quer realmente alcançar bons lucros, não pode esperar consegui-lo sem investir adequadamente nesses três recursos. Para ficar mais fácil de entender, vou citar um exemplo que conheço bem – o meu próprio.

Estou a desenvolver alguns novos websites – projetos que, como bem sei, somente começarão a gerar frutos no ano que vem – e para tal, decidi contratar alguém hábil suficiente para desempenhar a tarefa de geração de conteúdo focando em dois aspectos: a experiência do usuário e otimização para motores de busca (SEO). Quem trabalha na web sabe que esses dois fatores são essenciais em qualquer projeto na mesma. Ao investir dessa forma, estou investindo meu dinheiro para que meus negócios cresçam.

Além disso, acabo de adquirir mais uma terceira ferramenta (software) para ajudar-me na parte de internet marketing bem como a melhor selecionar as áreas em que devo atuar. Estou novamente investindo dinheiro.

Por razões similares, acabo precisando dedicar algum tempo mais na gestão do negócio em si, verificando quais as melhores possibilidades dentro do mesmo. São horas analisando dados estatísticos, tendências na web, etc. Agora, estou a investir o meu próprio tempo.

E, claro, não é possível a expansão dos negócios sem que novo conhecimento seja aprendido, bem como experiências sejam valorizadas – são as experiências nos negócios que desenvolvem nosso feeling para “sentir” o que pode ser um bom negócio, bem como nosso lado racional para sabermos como discernir aonde aplicar ou não o dinheiro. Estou aqui a investir no conhecimento, no know how.

Mais de uma, menos da outra…

É claro que você não precisa investir pesado em todas elas – principalmente se você não dispuser de alguma delas.

Por exemplo, se você não dispõe de recursos financeiros suficientes, pode empregar mais de sua experiência e de seu tempo para fazê-lo crescer. Da mesma forma, se você não é um expert no assunto e não dispõe de tempo para tal, pode usar seu dinheiro para contratar especialistas que o façam.

Tudo será uma questão de avaliar com bom senso e tomar uma boa decisão.

Fuja do medo!

Mas… Se investir é tão importante, por que muitas pessoas não investem?

O problema maior é o medo, a falta de confiança em seu próprio negócio. O medo e a falta de confiança podem destruir suas chances de sucesso antes mesmo que inicie sua empreitada.

Pense bem e me responda: se você estivesse confiante de que seu negócio realmente é um sucesso e que com um determinado investimento você conseguiria uma receita dez ou vinte vezes maior, o que você faria: investiria ou não investiria?

É claro que se você tivesse certeza você investiria! Quem seria louco de perder a oportunidade de ver seu dinheiro crescer tão rapidamente? Mas o problema é que, no mundo dos negócios, nunca podemos ter certeza do que será realmente um sucesso – não até antes de fazê-lo.

Então ficamos com medo de nos arriscarmos e perdermos o dinheiro ou o tempo que empregamos ali, mas se não arriscamos fica muito mais difícil crescer, expandir-se.

No livro Quem Mexeu No Meu Queijo, em um dado momento um dos duendes, desesperado por não ter mais queijo e com medo dos perigos que possa haver no labirinto, pergunta-se: “o que eu faria se não estivesse com medo?”

Ele decide, então, encarar o medo e buscar novo queijo no labirinto – o que o leva a conseguir o que queria ou até mesmo mais do que esperava.

Falar é fácil!

Esta é, com certeza, a parte mais interessante… Muitos quando começam seu pequeno negócio não querem investir muito no mesmo, com medo de gastar muito e, no fim das contas, não ganhar dinheiro. Engraçado que no Brasil, quando se fala em curso superior, ninguém pensa da mesma forma: investimos cinco anos ou mais de nossas vidas a nos preparar para atuar em uma determinada área, muitas vezes gastamos muito para tal (faça as contas de quanto custa um curso superior com mensalidades em torno de R$ 600,00, pago durante cinco anos), mas como é consenso aqui que isso lhe trará grandes oportunidades, acreditamos que será uma oportunidade muito boa. Já quando falamos de um pequeno negócio próprio, não temos tal coragem!

Investir em seu próprio negócio – a decisão é sua!

Poderíamos passar horas e horas a falar sobre quão importante é acreditar em seu próprio negócio e investir no mesmo, mas acredito que não seja necessário – para bom entendedor… Bem, você entendeu.

Se você não está realmente confiante em seu negócio, provavelmente você não confia muito em seu plano de negócios. Eu o aconselho a revisar o mesmo e segui-lo à risca – o papel dele não é ser um documento guardado em uma gaveta, mas sim uma análise de viabilidade e plano de ação para o seu negócio!

E então, pronto para investir em seu próprio negócio?

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print